Bairro na Alemanha produz quatro vezes mais energia do que consome

Com 59 residências sustentáveis, Schlierberg investe na luz solar para obter eletricidade

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 27/08/2014 14:47 / atualizado em 27/08/2014 15:09 CorreioWeb /Lugar Certo
Rolf Disch/Reprodução
Um vilarejo em Freiburgo, na Alemanha, tem ganhado a atenção do mundo com um modelo sustentável de obtenção de energia elétrica. Conhecido como Schlierberg, o bairro explora a luz solar como meio mais limpo e abundante para abastecer a comunidade. O conjunto tem 11 mil m² e 59 residências construídas com materiais sustentáveis, além de um edifício comercial - o Sun Ship (Navio Solar).

Com praticamente todas as construções equipadas com painéis fotovoltaicos, o Bairro Solar gera 420 mil kWh de energia elétrica, o que significa quatro vezes mais do que o necessário para o consumo de toda a localidade. Cada morador recebe, ao final de cada ano, um recurso do governo pelo excesso de energia produzida. O que não está incluso no uso pessoal e familiar é vendido à rede ao longo do ano.

Entre outros hábitos ecológicos, a população reutiliza a água da chuva para irrigação e descargas, além de ter criado um sistema de isolamento térmico ecologicamente correto em cada construção. Outro detalhe curioso é que o bairro é livre de carros transitando. Todos os automóveis da população local ficam em um estacionamento no Sun Ship.

Com a produção sustentável de energia elétrica, não são emitidas na atmosfera aproximadamente 500 toneladas de CO2, segundo estudo do arquiteto responsável pelo projeto, Rolf Disch. O profissional também planejou coberturas simples para cada casa, permitindo a presença do sol durante o inverno e proteção durante o verão.

Rolf Disch/Reprodução

Rolf Disch/Reprodução

Rolf Disch/Reprodução

Rolf Disch/Reprodução

Rolf Disch/Reprodução

Tags: energia

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
jorge - 27 de Agosto às 15:52
oh inveja braba! o qui quieutofazendoaqui?

Últimas Notícias

ver todas
19 de agosto de 2018
16 de agosto de 2018