Investimento em BH

Bairro Santo Antônio é boa opção para morar perto de tudo em Belo Horizonte

Localizado na Região Centro-Sul de Belo Horizonte, bairro Santo Antônio oferece boa qualidade de vida e atrai jovens que cresceram no local e hoje querem residir próximo da família

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 23/02/2015 08:30 Marcus Celestino /Estado de Minas

Rua Leopoldina é uma das principais vias do Santo Antônio, conhecida pela vaquinha de cimento que fica na calçada - Beto Novaes/EM/D.A Press Rua Leopoldina é uma das principais vias do Santo Antônio, conhecida pela vaquinha de cimento que fica na calçada
Se hoje é dos mais tradicionais pontos de Belo Horizonte, o Santo Antônio em sua fase embrionária era um bairro considerado – perdoem a expressão inglesa aportuguesada – “fora da caixa”. Dos primeiros a surgirem fora das “amarras” planejadas da Avenida do Contorno, o logradouro floresceu na década de 1920 a partir da Colônia Afonso Pena. Com vocação residencial desde seu gênesis, o Santo Antônio foi vendo suas casas serem substituídas pelas edificações verticalizadas (principalmente no boom imobiliário da década de 1970), hoje indissociáveis da paisagem. Dada sua topografia acidentada, dependendo de onde se reside no bairro, pode-se ter um pedaço de uma belíssima vista da capital mineira. Morar perto “de tudo” e ainda por cima ter boa qualidade de vida são outros fatores que tornam o bairro muito bem quisto e procurado por quem quer morar na Região Centro-Sul.

QUER MORAR NO SANTO ANTÔNIO? Clique aqui e veja imóveis à venda!


Residência de pessoas de classe média e média alta, o Santo Antônio apresenta como característica algo que muitos dos outros bairros da região também têm. Usualmente, o belo-horizontino tende por arraigar-se num local mais próximo da família. Se em outros bairros da Região Centro-Sul é mais difícil para os jovens encontrar um imóvel com bom preço e que faça com que não saiam de perto do seio familiar, no Santo Antônio a coisa muda de figura. “Muitas pessoas mais novas com boa condição optam por permanecer no bairro, já que, além da boa renda, o financiamento para jovens é mais fácil de ser feito graças às parcelas mais baixas (se comparadas com as de alguém bem mais velho)”, comenta Fernando Duarte, diretor-geral da Lopes Consultoria de Imóveis. De acordo com o executivo, o valor do metro quadrado para tais apartamentos fica entre R$ 8 mil e R$ 9 mil. Contudo, no caso de projetos mais antigos, os preços podem cair para R$ 6 mil.

No entanto, o coeficiente de aproveitamento do bairro é de apenas um e áreas a serem construídas já são mais do que raras nos arredores. Alie isso à topografia acidentada, que torna o trabalho de alinhamento de terrenos um martírio para os construtores, e a uma demanda por imóveis novos que não é atendida num todo. Ou seja, os “filhos do Santo Antônio” podem não conseguir o seu tão sonhado apartamento perto de suas antigas residências. “Não temos muitos lançamentos no bairro e, quando temos, são empreendimentos menores”, ressalta Duarte.

Praça do Cairo é um dos locais frequentados pelos moradores do bairro - Beto Novaes/EM/D.A Press Praça do Cairo é um dos locais frequentados pelos moradores do bairro
PRÓS E CONTRAS Como todo bairro que se preze, o Santo Antônio tem seus prós e contras. Mesmo se tratando de um bairro com toda sorte de estabelecimentos comerciais possíveis, faltam áreas verdes para agradar aos moradores. Suas principais vias de acesso são as avenidas do Contorno e Prudente de Morais. Dentro do bairro, há ruas importantes como Cristina, Barão de Macaúbas, Leopoldina e Congonhas. Outro ponto bacana do Santo Antônio é que ele serviu de set para as filmagens de O menino maluquinho (1997), adaptação para os cinemas da obra do cartunista mineiro Ziraldo.

Veja apartamentos e casas para alugar no Santo Antônio

 

Por outro lado, a proximidade do bairro com o Morro do Papagaio faz com que os índices de criminalidade sejam um tanto quanto elevados se traçada uma comparação com seus outros vizinhos de altíssimo índice de desenvolvimento humano (IDH). Aliás, vale ressaltar que o IDH* do Santo Antônio aliado ao São Pedro é de 0,939, qualificando-se como extremamente elevado. No entanto, nem tamanha relação dicotômica estraga o charme do bairro e se você quer ficar dentro da Região Sul por um preço mais em conta que em outras áreas, ele continua sendo uma excelente opção. O Santo Antônio é o “sul fora da caixa”.

*De acordo como o Atlas do Desenvolvimento Humano nas Regiões Metropolitanas do Brasil, de autoria do Programa das Nações Unidas pelo Desenvolvimento (Pnud), do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e da Fundação João Pinheiro.



MORANDO AQUI
. Clara Santana, estudante
“Adoro morar aqui no Santo Antônio. Tenho opções de lazer como o Pátio Savasssi e vários bares bem pertinho. Muitos falam em insegurança e também não sinto isso aqui, mesmo morando perto do Papagaio. Meu namorado mora perto de mim também, no Cidade Jardim, e já projetamos que, no futuro, iremos ficar na região. É uma delícia morar aqui e não quero me mudar. Por mim, fico até no prédio onde moro atualmente mesmo, no qual já conheço todo mundo e volta e meia tem um apartamento para vender.”

Construções verticalizadas são indissociáveis da paisagem e, dada a topografia acidentada, dependendo de onde se reside, pode-se ter um pedaço da vista da capital mineira - Beto Novaes/EM/D.A Press Construções verticalizadas são indissociáveis da paisagem e, dada a topografia acidentada, dependendo de onde se reside, pode-se ter um pedaço da vista da capital mineira

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
15 de outubro de 2018
14 de outubro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura