Um classe média moderno

Jaraguá guarda histórias curiosas e tem o metro quadrado bastante valorizado

Bairro predominantemente residencial é bem estruturado em termos de produtos e serviços

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 06/04/2015 14:47 / atualizado em 06/04/2015 14:58 Ludymilla Sá /Estado de Minas
Beto Novaes/EM/D.A Press
Um bairro de classe média moderno e com infraestrutura privilegiada, mas que ainda sustenta ares interioranos. Assim é o Jaraguá, localizado na Região da Pampulha, próximo ao Aeroporto Carlos Drummond de Andrade. Apesar de não ser o maior daquela redondeza, é o mais conhecido. É uma espécie de referência para quem mora nos bairros vizinhos, como Dona Clara, Liberdade, São Luís, Vila Indaiá, Santa Rosa e Universitário.

A origem do bairro remonta ao fim do século passado, quando havia no local, uma fazenda conhecida como Sadonana. Com o loteamento dessa fazenda, ocorreu a construção de um conjunto habitacional.

O historiador, folclorista e advogado Manoel Fonseca dos Reis conta, em material divulgado pelo portal da Prefeitura de Belo Horizonte (PBH), que o crescimento do Jaraguá só foi registrado a partir do início da década de 1950. Manoel é neto dos proprietários da fazenda. E, segundo ele, naquela época, parte da propriedade dos avós foi vendida para a construção do Conjunto Habitacional Vila dos Repórteres.


Desde então, novas construções foram surgindo, entre elas, o Jaraguá Country Club, clube de lazer fundado em 1961 por um grupo de empreendedores. O nome dado ao clube é o mesmo de um tipo de capim plantado na Fazenda Sadonana, que servia de alimento para o gado. A partir daí, os moradores também passaram a chamar a região de Jaraguá. O clube é hoje considerado um dos melhores da capital e tem associados de todas as regiões da cidade, por oferecer um ambiente de lazer totalmente familiar.


Em 1965, o bairro ganhou a primeira instituição de ensino, a Escola Estadual Kennedy, que já não existe mais. Atualmente, há grande oferta de de escolas na localidade, incluindo as do governo municipal e estadual, além de um câmpus da Universidade Unifenas. Bem próxima ao bairro ainda tem o câmpus da UFMG.

A proximidade com o aeroporto da Pampulha contribuiu para que várias empresas se fixassem no local - Beto Novaes/EM/D.A Press A proximidade com o aeroporto da Pampulha contribuiu para que várias empresas se fixassem no local
É no Jaraguá que também está localizado o único cemitério israelita de Belo Horizonte. Em 1937, a União Israelita recebeu autorização da prefeitura para enterrar seus mortos em terreno comprado na região anos antes. A partir de então, os corpos de judeus que haviam sido enterrados no Cemitério do Bonfim foram transferidos para o novo local de sepultamento.

BEM COTADO

O Jaraguá dispõe de boa infraestrutura em termos de produtos e serviços. Floriculturas, drogarias, supermercados, agências bancárias, salões de beleza, bares e restaurantes de ótima qualidade são encontrados com facilidade no bairro, com população estimada em cerca de 4 mil habitantes.

Uma das principais avenidas do bairro, a Izabel Bueno abriga todo tipo de comércio, escolas e bons restaurantes - Beto Novaes/EM/D.A Press Uma das principais avenidas do bairro, a Izabel Bueno abriga todo tipo de comércio, escolas e bons restaurantes
É predominantemente residencial por natureza, com muitas casas e apartamentos. Mas, em razão da proximidade do aeroporto da Pampulha, várias empresas também se fixaram no local.

Para morar no Jaraguá e usufruir de todos os benefícios que o bairro oferece, é necessário desembolsar um bom dinheiro. Em razão de todas as suas qualidades, o preço médio de um imóvel de três quartos está avaliado em R$ 500 mil. O metro quadrado gira em torno de R$ 5 mil.

Praças bem cuidadas, como a Manoel dos Reis Filho, confirmam o ar interiorano que o bairro tem - Juarez Rodrigues/EM/D.A Press Praças bem cuidadas, como a Manoel dos Reis Filho, confirmam o ar interiorano que o bairro tem
Raio-X:

Origem do Nome
» Refere-se a uma espécie de capim nativa da região.

Outros nomes
» Jardim Jaraguá

Referências urbanas do presente
» Jaraguá Country Club

Referências urbanas do passado
» Conjunto Habitacional Jaraguá

Principais vias de acesso
» Avenidas Antônio Carlos, Santa Rosa, Izabel Bueno, Sebastião de Brito e Cristiano Machado

Linhas de ônibus
» 5401 (São Luís/Dom Cabral), 9501 (São Lucas/Jaraguá) e 9503 (Taquaril/Jaraguá)

O clube Jaraguá é considerado um dos melhores da capital e tem associados de todas as regiões da cidade - Juarez Rodrigues/EM/D.A Press O clube Jaraguá é considerado um dos melhores da capital e tem associados de todas as regiões da cidade
BOTECAR JÁ

Com sete anos de experiência em festivais gastronômicos, o Butecão do Leão, no Jaraguá, vai disputar o Botecar este ano pela segunda vez. Vai oferecer aos clientes prato de sabor bem mineiro, mesclado com a badalada tapioca, iguaria baiana, figurinha fácil na culinária Brasil afora, que vai homenagear Pará de Minas.


» Bar: Butecão do Leão
» Endereço: Rua David Alves do Vale, 25, Bairro Jaraguá
» Prato: Sertão Mineiro (Costelinha de porco assada no suco de mexerica carioca, acompanhada de dadinhos de tapioca e geleia de pimenta dedo-de-moça levemente picante)
» Preço: R$ 29,90 (serve quatro pessoas)
» Cidade homenageada: Pará de Minas
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
20 de setembro de 2018
17 de setembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura