MERCADO

Acesso, localização e oferta de terrenos valoriza Região Oeste de BH

Consolidada como polo de desenvolvimento imobiliário, bairros da regional atraem empreendimentos de diferentes portes e finalidades

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 01/12/2015 15:00 Carolina Cotta /Estado de Minas
Perspectiva do Central Park Shopping & Residence, no Bairro Betânia - CONCRETO EMPREENDIMENTOS/DIVULGAÇÃO Perspectiva do Central Park Shopping & Residence, no Bairro Betânia

De terra longínqua a reduto de lançamentos imobiliários. A Região Oeste de Belo Horizonte, uma das primeiras ocupadas na fundação da capital mineira, pelo seu caráter de acesso ao Barreiro, viu nascer um bairro que transformou as opções de moradia. E mesmo após a consolidação do Buritis é em seu entorno que continua o maior volume de lançamentos. Após a saturação imobiliária e a escassez de terrenos na Região Centro-Sul, construtoras apostam, cada vez mais, em outras áreas da cidade com características similares, como fácil acesso às principais vias, proximidade com o Centro e crescente valorização. Nos últimos três anos, a Região Oeste viu uma série de empreendimentos ganharem forma.

Para o conselheiro da Câmara do Mercado Imobiliário (CMI) Ariano Cavalcanti de Paula, o fenômeno foi impulsionado pela facilidade de comprar os terrenos, pela localização estratégica e pelo preço do metro quadrado, que é menor se comparado ao da Região Centro-Sul, oferecendo ótimo custo/benefício. “A explosão imobiliária no Buritis irradiou-se para os bairros vizinhos, como o Estoril. Outro aspecto favorável é o acesso. Várias vias ligam a região a pontos estratégicos do município, como a Barão Homem de Melo e a Mário Werneck”, analisa.

Frederico Papatela Padovani, diretor de Marketing da CMI, chama a atenção a nova etapa do Buritis. “Os terrenos foram comercializados cinco anos atrás e agora há um grande volume de finalização e entrega de empreendimentos nessa área, onde ainda há lotes disponíveis.” O local, no limite com o Bairro Betânia, tem acesso mais facilitado que o Buritis tradicional. “É uma área menor, mas com grande potencial comercial e residencial. O público é bem jovem, recém-casados ou com o primeiro filho, em função da dimensão dos apartamentos, que não ultrapassam três quartos e em sua imensa maioria têm lazer completo”, explica.

Atraída pelo potencial da região, a Concreto Empreendimentos está em vias de inaugurar, no Betânia, o Central Park Shopping & Residence, complexo de uso múltiplo. A empresa escolheu o bairro devido à localização estratégica. Por meio de vias de trânsito rápido, o morador terá fácil acesso às regiões que concentram escritórios e indústrias. O shopping será aberto ao público em novembro, os residenciais só em 2017. Segundo Miguel Safar, fundador e conselheiro da Concreto, a região era carente desse tipo de empreendimento, foi confirmado em uma grande pesquisa de mercado.

O Grupo EPO aposta em três empreendimentos comerciais no Bairro Estoril. Dois fazem parte do centro empresarial, composto por dois prédios independentes, com oito andares cada, na Avenida Barão Homem de Melo. Outro será erguido na Avenida Mário Werneck. Já a Novolar, empresa do Grupo Patrimar, tem empreendimentos de três e quatro quartos no Buritis, além do Park Residence, condomínio resort de quatro torres e mais de 30 itens no lazer. Para a construtora, o diferencial da região é o poder de crescimento e a grande procura por empreendimentos. Já a Masb aposta em dois residenciais no Gutierrez, um dos bairros mais centrais da Região Oeste.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
15 de outubro de 2018
14 de outubro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura