MERCADO IMOBILIÁRIO

Veja quais são os cinco bairros mais valorizados de Belo Horizonte

Segundo índice FipeZap, valor médio dos imóveis na capital mineira teve pequena queda este ano. Se cenário econômico não melhorar em 2016, expectativa é que preços voltem ao patamar de 2011

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 02/12/2015 14:27 / atualizado em 02/12/2015 14:50 Gustavo Perucci /Estado de Minas


Segundo índice FipeZap, valor médio dos imóveis na capital mineira teve pequena queda este ano. Se cenário econômico não melhorar em 2016, expectativa é que preços voltem ao patamar de 2011

 

O mercado imobiliário é um dos termômetros para se medir a saúde econômica do país. Com o desaquecimento no setor, o valor médio do metro quadrado, mesmo com pequenas altas, se manteve estável, apresentando, inclusive, queda em alguns pontos da cidade. Até outubro, nos últimos 12 meses, os imóveis em BH se valorizaram cerca de 2,19%. Em 2015, o reajuste foi de 0,61%.


Projeção apresentada no último boletim do Índice FipeZap, que faz balanços semestrais do valor dos imóveis em 25 cidades do Brasil, afirma que, se a crise persistir, os preços podem voltar ao patamar de 2011.


Confira os 5 bairros mais valorizados de BH, nos valores médio até julho de 2015:

 

 

Praça Diogo de Vascocelos, no coração da Savassi - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press-6/7/12 Praça Diogo de Vascocelos, no coração da Savassi

1º) SAVASSI

No coração da Região Centro-Sul, valorizado por sua localização, a Savassi lidera o ranking com alguma folga. O valor médio do metro quadrado é R$ 9.950, mesmo com a queda de 3,2% deste ano. Localização privilegiada, grandes vias de acesso, ótimas opções de transporte público, comércio e serviços variados são algumas das características que fazem de um dos cartões-postais de BH um dos pontos mais caros da cidade.

 

 

 

Funcionários: prédios de alto padrão, ruas arborizadas e excelente localização - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press-1/7/14 Funcionários: prédios de alto padrão, ruas arborizadas e excelente localização

2º) FUNCIONÁRIOS

Com o valor médio do metro quadrado de R$ 9.122, o tradicional bairro da Região Centro-Sul de Belo Horizonte apresentou uma queda de 4,5% em 2015. Mesmo assim, em empreendimentos mais novos com o perfil de alto luxo, o metro quadrado pode ultrapassar os R$ 12 mil.

 

 

 

Tradicional, Lourdes é das vizinhanças mais procuradas pela classe A de BH - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press-22/12/09 Tradicional, Lourdes é das vizinhanças mais procuradas pela classe A de BH

3º) LOURDES

Um dos pontos mais nobres da capital, que liderou por anos o ranking de metro quadrado mais caro de BH, se mantém como uma das vizinhanças preferidas da classe mais abastada da cidade. Com o metro quadrado médio a R$ 8.800 – queda de 1,3% em 2015 –, o bairro continua valorizado, mesmo com a falta de lotes disponíveis para novos empreendimentos.

 

 

 

Duas faces do Belvedere: área ocupada somente por casas e, ao fundo, concentração de prédios de alto luxo - Gladyston Rorigues/EM/D.A Press-27/12/12 Duas faces do Belvedere: área ocupada somente por casas e, ao fundo, concentração de prédios de alto luxo

4º) BELVEDERE

Por anos estritamente ocupado por grandes e luxuosas casas, o Belvedere teve uma nova fase de valorização com a liberação de construção de prédios em uma área do bairro. Após a explosão de novos empreendimentos nos últimos 15 anos, o valor médio do metro quadrado de R$ 8.658 se manteve estável este ano.

 

 

 

Vista do Carmo, do alto da Igreja Nossa Senhora do Carmo, um das principais referências do bairro  - Marcos Michelin/EM/D.A Press-21/1/13 Vista do Carmo, do alto da Igreja Nossa Senhora do Carmo, um das principais referências do bairro

5º) CARMO

Completando a lista, uma surpresa: o pequeno bairro do Carmo, também na Região Centro-Sul. Sempre ligado ao vizinho Sion, o Carmo ultrapassou tradicionais vizinhanças da cidade como Santo Antônio, Santo Agostinho, São Pedro, São Bento, Cidade Jardim e Gutierrez. O preço médio do metro quadrado é de R$ 7.870, com pequena alta este ano.

Tags: imobiliário mercado carmo belvedere savassi lourdes funcionários horizonte belo bh de bairros

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de outubro de 2018
15 de outubro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura