MERCADO IMOBILIÁRIO

Cenário de crise pode significar boas oportunidades de negócios

Momento é favorável para negociar descontos e melhores condições na compra do imóvel

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/12/2015 15:39 Augusto Pio /Estado de Minas
Vice-presidente do Sinduscon-MG, Evandro Veiga Negrão de Lima Jr. diz que as incorporadoras estão mais flexíveis, pois querem reduzir seus estoques para iniciar um novo ciclo de lançamentos - W. Gontijo/Divulgação Vice-presidente do Sinduscon-MG, Evandro Veiga Negrão de Lima Jr. diz que as incorporadoras estão mais flexíveis, pois querem reduzir seus estoques para iniciar um novo ciclo de lançamentos
Após um período de forte valorização dos imóveis, que se tornaram um dos investimentos mais rentáveis na última década, superando, de longe, outras opções como fundos de renda fixa, o mercado imobiliário mantém a oferta de ativos de qualidade e bons preços, no cenário de instabilidade da economia. Evandro Veiga Negrão de Lima Jr., vice-presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Minas Gerais (Sinduscon-MG), ressalta que muitos investidores que abandonaram o mercado imobiliário como opção, estão perdendo ótimas oportunidades.

Para Evandro Negrão, o investidor em imóveis para locação tem hoje um ganho um pouco menor do que era obtido há alguns meses, devido à queda que houve no preço dos aluguéis. “Esse investidor, no entanto, não pode se esquecer de que o imóvel valoriza no mínimo acompanhando a inflação. No médio prazo, essa valorização é historicamente maior que a inflação. Portanto, quem hoje tem um horizonte de investimento de médio prazo, com certeza, terá um retorno melhor se comprar imóveis do que se investir em títulos do Tesouro, renda fixa ou outros produtos financeiros”, observa.

O vice-presidente do Sinduscon-MG ressalta ainda que o momento é propício para quem quer comprar um imóvel. “As incorporadoras estão mais flexíveis, pois querem reduzir seus estoques para iniciar um novo ciclo de lançamentos. É o momento de conseguir descontos e melhor flexibilidade para a aquisição de imóveis. A demanda menor deixa os preços mais atrativos. O mercado oferece maior flexibilidade para negociar e o custo da reposição das unidades não subiu (isto é, construir um prédio está mais caro, mas as unidades, na venda para o consumidor, estão com melhor negociação). O vendedor oferece melhores condições. Com a inflação alta, o imóvel corrige o preço da inflação. Sem contar que o imóvel valoriza no longo prazo.”

RENTABILIDADE Evandro enfatiza que comprar um imóvel continua sendo um bom investimento, porque, além da rentabilidade do aluguel, o comprador tem o retorno da correção da inflação, que é de 0,5% ou 0,6%. Ele explica que casas e apartamentos são mais fáceis de alugar, ao contrário dos lotes. E salienta que quem compra um imóvel para investimento não tem um prazo para vendê-lo. “Na realidade, não tem data. Quem comprar agora vai lucrar porque o mercado está em baixa. Imóvel não é um investimento de curto prazo, pois o mercado oscila. Quando estiver bom para vender, o proprietário vai sair ganhando.”

Quanto às perspectivas de mercado, Evandro garante que o que tinha de acontecer já aconteceu. “Tem muita gente querendo comprar imóvel, com dinheiro guardado, pois ninguém compra imóvel sem uma reserva prévia, mas com medo de investir e perder. E isso não acontece com imóveis. Ainda não temos uma perspectiva definida para 2016/2017, pois o cenário de crise ainda vai permanecer por algum tempo.”

Evandro diz que os aluguéis não estão baixando de preço, porque o custo do imóvel não vai baixar e o preço do aluguel é diretamente relacionado ao do imóvel. “Comprar um imóvel e alugá-lo é uma boa opção. Se a pessoa tiver condições de comprar imóveis para alugar, essa é sempre uma excelente forma de obter rendimentos. Indico que as melhores apostas para investir no momento são em apartamentos compactos, tanto em bairros nobres quanto em bairros populares. O momento atual está bom para comprar. Quem tem dinheiro guardado pode comprar agora, porque as condições estão melhores e as incorporadoras oferecem muitas promoções.”

Tags: mercado imobiliário negócios belo horizonte imóveis

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
13 de dezembro de 2018
06 de dezembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura