Estadia insólita

Quarto cercado de tubarões receberá dupla de hóspedes em Paris

Dentro de um aquário a dez metros de profundidade em Paris, dois hóspedes vivenciarão duas noites cercados por 35 tubarões. Regras do pequeno quarto dispensam selfies e sonambulismo. Conheça!

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 01/04/2016 09:20 / atualizado em 01/04/2016 09:23 Portal Lugar Certo
Airbnb/Divulgação
Já pensou em dormir em um quarto cercado de tubarões? Por mais insólito que possa parecer, em Paris, França, isso será possível. Um quarto para dois hóspedes foi instalado dentro do aquário da capital francesa e receberá hóspedes entre os dias 11 e 13 de abril. O espaço formado por uma cama cilíndrica e uma parede transparente panorâmica de 360 graus é cercado por três milhões de litros de água a dez metros de profundidade. Em volta, nada menos do que 35 tubarões.

Em uma ação criada por um site de aluguel comunitário, o anfitrião do imóvel, o recordista mundial de mergulho livre e fotógrafo marinho Fred Buyle, recepcionará três ganhadores de um sorteio para as duas noites no local, instalado no Aquário de Paris. Fred dançará com os tubarões para apresentá-los aos vizinhos. Se não faltar coragem (e fôlego), os acompanhará em um passeio pelo aquário.

As únicas condições para a estadia são ter mais de 18 anos, boa saúde (será preciso subir e descer a escada até o quarto) e juntos, os dois hóspedes não pesarem juntos mais de 190kg. Além disso, também é importante ficar atento às regras da casa: nada de selfies (tubarões são sensíveis à luz), estar sempre pronto para se deparar com um tubarão ao seu lado (eles não dormem), não ser sonâmbulo e manter a cabeça e os pés dentro do quarto o tempo todo.

Dentro do minúsculo quarto, só o essencial - Airbnb/Divulgação Dentro do minúsculo quarto, só o essencial
'A CASA' Inaugurado em 1867 e localizado em frente à icônica Torre Eiffel, o Aquário de Paris foi o primeiro aquário do mundo. O quarto submarino serve como observatório para biólogos estudarem o comportamento dos peixões.

Amplas paredes em 360 graus oferecem visão completa ao redor - Airbnb/Divulgação Amplas paredes em 360 graus oferecem visão completa ao redor
Oitavo homem a superar barreira dos 100 metros com uma única inspiração, Fred Buyle desenvolve um trabalho com biólogos marinhos e conservacionistas para educar as pessoas sobre os perigos atuais enfrentados pela vida marinha. Fred se autodenomina um grande entusiasta dos tubarões. Só no Aquário de Paris mergulhou quatro vezes nos últimos dois anos, além de incontáveis mergulhos livres em mar aberto.

Tags: quarto estadia tubarões hóspedes paris frança duas noites Aquário de Paris

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
14 de agosto de 2018
13 de agosto de 2018