Espaço democrático

Closet é um dos ambientes mais cobiçados num projeto arquitetônico

Quem disse que closet é coisa só de mulher? Os homens enfim concordam que esse ambiente é fundamental. Arquitetos falam como mantê-lo sempre organizado, prático e funcional

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/06/2016 10:00 Lilian Monteiro /Estado de Minas
Projeto sob medida do arquiteto Cioli Stancioli privilegia os compartimentos dos armários - Osvaldo Castro/Divulgação Projeto sob medida do arquiteto Cioli Stancioli privilegia os compartimentos dos armários
O closet, ou quarto de vestir, é um dos ambientes mais cobiçados num projeto arquitetônico. E deixou de ser só desejo das mulheres. Se antigamente era “item de luxo”, apenas destinado a grandes casas e apartamentos novos, hoje estão presentes mesmo nos pequenos imóveis e há quem transforme um quarto a mais não em escritório ou sala de TV, mas quebra paredes e usa o espaço para acomodar roupas e acessórios.

O arquiteto, urbanista e designer de interiores Cioli Stancioli, do escritório Cioli Stancioli Arquitetura e Design, é um profissional que não se prende a um estilo, por isso a versatilidade é o que caracteriza o seu trabalho. Para ele, a primeira coisa a pensar ao fazer um closet é o tamanho do espaço e as divisões e, em seguida, se preocupar com a localização da porta e janela, ou seja, ter um projeto que privilegie a funcionalidade, já que a perda de uma parede acaba dividindo muito o mobiliário e o ideal é quanto mais armários próximos, melhor.

Para Cioli, o importante é que o closet seja um lugar aconchegante, de escolha e com iluminação própria para não ter distorção de cor. Cioli revela ser um amante das cores e, por isso, investiria em um closet com armários coloridos ou com texturas diferentes. Mas ele reconhece que o mais comum e tradicional como primeira escolha é “a base na cor branca, para dar mais visibilidade para as roupas, ou então justamente o inverso, o preto porque terá a função de aproximar o colorido das peças”. Ele também gosta de tapetes e recomenda os modelos de pelo curto porque são “gostosos de pisar e mais macios”.

Um espelho, lembra Cioli, não pode faltar, além de ajudar na ampliação do ambiente. Um curinga para cômodos com medidas menores. Mas o arquiteto assegura que não é por falta de espaço que o sonho de um closet tenha de ser abortado. Na verdade, ele já criou todo tipo de projeto e, nos menores, “a dica básica é aproveitamento de todo o espaço, do chão ao teto. Acredito que cada um tem de viver da melhor forma que lhe agrade. Então, o closet pode assumir vários papéis e pode abrigar da roupa de campa a livros e roupas com tudo muito bem distribuído e organizado. Basta planejamento e armários sob medida, com todas as divisões pensadas para comportar as necessidades do cliente. Pelos anos de experiência, tenho uma base e o cliente vai modificando para adequar aos seus desejos”.

É importante ter nesse espaço uma poltrona ou pufe como suporte na hora de trocar roupas ou calçados - Gustavo Xavier/Divulgação É importante ter nesse espaço uma poltrona ou pufe como suporte na hora de trocar roupas ou calçados
Quanto à decoração, Cioli assegura que não existe regra. “Se o cliente falar 'uauu' diante de um projeto é o que está valendo. Isso é o legal. Muitos, com a ideia de não interferir na roupa, optam por uma base neutra.” O arquiteto conta que é cada vez mais comum o pedido por um closet, mas tudo depende da planta e o ideal é que o acesso seja próximo para mais conforto e praticidade (no caso de outro quarto virar closet).

E Cioli destaca que há tempos o closet não é apenas um sonho das mulheres. “Hoje, os homens também estão vaidosos e gostam de ter roupas, sapatos, bijuterias, joias e perfumes. Para acomodar tudo isso de forma organizada e prática é necessário um lugar especial. Assim, começa a surgir uma demanda maior pelos closets masculinos.” A única diferença é que o armário para os homens ainda é menor. “Somos comedidos para determinados produtos sem tê-los em excesso ou quantidades exageradas. Já as mulheres gostam de ter mais itens e opções.”

TODO INTEGRADO Para o arquiteto Júnior Piacesi, do escritório Piacesi Arquitetos Associados, o bacana do closet é a oportunidade de integrar “cama, mesa e banho, ou seja a rouparia, com as roupas e acessórios”, ou seja, levar tudo para o armário para garantir ainda mais praticidade. Depois, ele destaca a importância de ter um ambiente “atento em termos técnicos com a ergonomia”. Ele chama a atenção para a necessidade de criar gavetas específicas para óculos, relógios, cintos, gravatas, bijus para ajudar na organização.

Nesse projeto do arquiteto Júnior Piacesi, a ideia é manter o closet sem portas para que a visualização seja facilitada - Gustavo Xavier/Divulgação Nesse projeto do arquiteto Júnior Piacesi, a ideia é manter o closet sem portas para que a visualização seja facilitada
Júnior diz que prefere closet aberto, sem portas, mas é o cliente quem decide. “Prefiro investir no fundo dentro do armário porque a parede sempre solta um pó, e deixar todas as roupas à vista.” O arquiteto alerta sobre o aproveitamento do espaço. “Às vezes, ao ocupar as paredes sobrem quinas e, geralmente, elas viram elefantes brancos. Mas já existe serragem para ocupá-los da melhor maneira.”

Quanto ao posicionamento dos sapatos, Júnior lembra que eles devem ficar nas gavetas da parte de baixo. “É melhor para enxergar, sem misturar com as roupas, até por uma questão de limpeza.” E o maleiro, ele avisa, fica na parte de cima e o legal é que sejam acondicionadas “nas prateleiras flutuantes, liberadas para malas, edredons, travesseiros, roupas de inverno, enfim, tudo que for de pouco uso”.

Júnior Piacesi diz que a decoração é bem particular. “Não recomendo fazer do closet um carnaval. O equilíbrio é mais interessante”.


DIVISÃO EQUILIBRADA
Dicas do arquiteto Júnior Piacesi:

1) Tenha um lugar específico para vestidos de festa
2) Não se esqueça da divisão para calceiro e cabideiro
3) Gavetas para roupas íntimas
4) Mais prateleiras caso queira integrar a rouparia
5) Penteadeira para maquiagem e perfumaria
6) Poltrona ou pufe
7) É importante que o ambiente seja reservado do quarto para não incomodar quem estiver dormindo
8) Iluminação própria, até dentro do armário e cabideiro (fitas de LED)
9) Se decidir ter portas, há modelos com telas para o armário respirar. Há modelos luxuosos de vidro italiano e telas que criam um respiro
10) Lembre-se que o closet tem de ficar bem resolvido, com distribuição funcional e à altura da organização.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
15 de julho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura