Avaliação sem choque

Ao comprar ou alugar, é essencial ter atenção ao estado da rede elétrica do imóvel

Para evitar dor de cabeça com a fiação, principalmente em imóvel usado, é importante verificar a eletricidade, assim como outros componentes fundamentais. Especialista ensina a começar pelo quadro de luz

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 27/07/2017 13:24 Augusto Pio /Estado de Minas
João Carlos Lima, engenheiro eletricista e professor do Centro de Capacitação em Tecnologia, explica passos para não pagar caro com a energia - Loja Elétrica/Divulgação João Carlos Lima, engenheiro eletricista e professor do Centro de Capacitação em Tecnologia, explica passos para não pagar caro com a energia

Na hora de comprar ou alugar um imóvel, um problema muito sério e que deve deixar o comprador ou inquilino atento é o estado da rede elétrica do local. Muitas vezes a casa é nova, mas os problemas com a eletricidade são antigos e garantem boas dores de cabeça. Como a decisão é muito importante na vida de muita gente, o melhor é fazer a opção correta, pois escolher um imóvel usado é a alternativa mais viável atualmente. Além de serem mais fáceis de encontrar, costumam ter preços mais acessíveis se comparados aos novos. Não à toa, segundo dados do Sindicato da Habitação de São Paulo (Secovi-SP), a proporção de venda de imóveis no Brasil é de sete usados para cada novo.

No processo de pesquisa e avaliação, a qualidade é um passo imprescindível, mas muitas pessoas acabam ignorando aspectos fundamentais, como encanamento, ventilação, iluminação e condições da rede elétrica. Para o engenheiro eletricista João Carlos Lima, professor do Centro de Capacitação em Tecnologia (CCT) da Loja Elétrica, conhecimentos básicos podem ajudar nessa avaliação. “O principal componente das instalações elétricas da sua casa é o quadro de distribuição, também conhecido como quadro de luz ou quadro geral. Nele, encontramos um disjuntor geral ou os vários disjuntores, que protegem cada um dos circuitos locais. É por ali que devemos começar”, ressalta o especialista.

E, para ajudar o locatário ou comprador, João Carlos apresenta algumas dicas importantes:

1 - “Quando possível, peça para avaliar contas de luz anteriores. Se o valor for elevado, pode ser sinal de que existe fuga de corrente, possivelmente devido à má isolação dos condutores.”

2 - “Desligue os disjuntores do quadro e verifique se o medidor está registrando consumo (se continua girando ou com o LED vermelho piscando). Se for detectada tal situação, significa que existe fuga de energia. Nesse caso, somente um profissional qualificado é capaz de solucionar o problema.”

3 - “Desde 1997, é obrigatória, em toda instalação elétrica, a utilização de um dispositivo chamado DR (diferencial residual), que atua como proteção de locais considerados 'molhados' nas edificações: cozinha, banheiros, áreas de serviço, áreas externas etc. Verifique com o corretor ou com a administração do condomínio se o imóvel preterido tem esse dispositivo.”

4 - “Teste tomadas e, no caso de verificar aquecimento no plugue conectado, providencie a substituição. Teste também todos os interruptores da casa. Verifique se há alguma falha ou aquecimento excessivo das lâmpadas.”

5 - “Observe a quantidade de tomadas existentes no imóvel. Caso seja insuficiente, será necessária a criação de novos pontos. O uso excessivo de 'Ts' (ou benjamins) sobrecarrega a instalação.”

6 - “Verifique se cozinha e banheiros têm tomadas de 20 amperes. Essas são necessárias para usar certos eletrodomésticos, como forno micro-ondas e secador de cabelo (apenas alguns modelos). Caso não haja, faça a troca com um eletricista ou compre um adaptador.”

7 - “Após fechar o negócio, substitua as lâmpadas incandescentes por aquelas de LED. Estas têm custo um pouco mais elevado, mas economizam energia e reduzem a sobrecarga nos circuitos. Troque as tomadas antigas pelas do novo padrão, pois são mais seguras e se adaptam melhor aos novos aparelhos.”
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
29 de abril de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura