Olhar mais atento

Vistoria é essencial para examinar o imóvel antes de fechar negócio

Processo serve para observar o acabamento, as instalações e a construção em geral antes de assinar o contrato de um novo lugar para morar

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/10/2017 13:00 Herlane Meira* /Estado de Minas
Reprodução/Internet/Guia de Imóveis

A pressa em alugar um imóvel pode causar dores de cabeça futuramente ao inquilino e também ao locatário. A localidade, a vizinhança e a infraestrutura do bairro são itens sempre lembrados por qualquer um que esteja procurando um novo lugar para morar. Mas, antes de tudo, deve haver uma preocupação com a sua vistoria. “O laudo feito pela imobiliária, que descreve o estado de conservação em que o imóvel se encontra no momento, é indispensável antes da locação. Somente com a vistoria benfeita é que o proprietário poderá comprovar o estado que entregou seu imóvel para locação e consequentemente recebê-lo da mesma forma”, afirma Carlos Henrique Gonçalves Santos, diretor comercial da Sancruza Imóveis.

Segundo ele, a vistoria é importante para examinar o acabamento, as instalações e a construção em geral. “Para se realizar uma boa vistoria temos que ser bem detalhistas, e se possível realizá-la no imóvel que tenha a energia elétrica e água ligadas, pois nesse caso conseguiremos testar a parte elétrica bem como a hidráulica e detectar possíveis vazamentos e danos”, explica.

FERRAMENTAS

Realizar a vistoria de um imóvel não é exatamente uma tarefa simples. Afinal, são muitos detalhes para serem observados. Porém, algumas ferramentas podem auxiliar na hora de observar as condições antes de assinar o contrato de uma possível moradia. “É extremamente importante tirar fotos de todo o imóvel pois assim temos como comprovar o estado de conservação, principalmente naqueles que têm armários embutidos ou são mobiliados. Nesse caso, as fotos ajudam muito na hora de receber o imóvel ao final da locação”, ressalta o diretor comercial da Sancruza Imóveis.

“Hoje, existem no mercado alguns programas que facilitam e agilizam muito uma vistoria. Você baixa esse programa em um tablete e faz a vistoria, tira fotos e depois envia por e-mail diretamente para a imobiliária fazer a impressão da mesma.” O laudo de vistoria oferece segurança para quem vai receber o imóvel, seja ele comprado ou alugado. O ideal é que o locatário faça a vistoria junto com o profissional da imobiliária. O diretor comercial da Sancruza Imóveis alerta ainda que algumas dicas são essenciais na hora de receber um imóvel que estava alugado ou mesmo ao alugar um novo. “Para quem vai alugar um imóvel novo, a dica é conferir de forma minuciosa a vistoria feita pela imobiliária e caso tenha alguma divergência fazer as ressalvas e colher a assinatura da empresa pois, caso contrário, na hora de devolvê-lo terá que efetuar reparos e fazer manutenções que não foram causadas por ele”, orienta Carlos Henrique.

O que levar em conta

>> Comece a vistoria verificando a parte de fora do imóvel. Observe cada cômodo do imóvel, inclusive a fachada, a pintura e, se possível, o telhado

>> Teste a rede elétrica, a parte hidráulica e o gás, quando for encanado. Se estiverem desligados, fique atento a possíveis problemas assim que entrar no imóvel

>> Verifique se todas as portas e janelas estão fechando como deveriam e se as fechaduras estão em bom estado de conservação e funcionamento

>> Descreva em seu laudo o estado de conversação do piso, dos azulejos e das vidraças. Fotografe cada marca encontrada, riscos, rachaduras ou buracos

>> Observe com cuidado os danos aparentes no imóvel, já que podem significar problemas estruturais, possíveis causadores de estragos. Fique atento ao bolor, infiltrações, mofo, partes quebradas, vidros trincados, entre outros danos.

* Estagiária sob a supervisão da editora Teresa Caram
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
15 de julho de 2018