Obra ecológica

Prédio em Cingapura faz releitura de floresta tropical com mais de 700 árvores

Focado na sustentabilidade, projeto inovador acaba de ser inaugurado com uma área ajardinada de 37 mil metros quadrados

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 17/01/2018 16:18 / atualizado em 17/01/2018 17:21 Joana Gontijo /Lugar Certo
H G Esch/Divulgação

Acaba de ser inaugurado um projeto grandioso que tem como premissa a aplicação maciça de elementos da natureza. Denominada "Coração Verde", a obra assinada pelo escritório alemão Ingenhoven Architects toma referência nos campos de arroz da Ásia. Incrustada no incrível edifício Marina One, no Centro de Cingapura, a floresta tropical permeia o cerne de quatro prédios. A concepção é conjunta com o estúdio londrino Gustafson Porter + Bowman.

H G Esch/Divulgação

H G Esch/Divulgação

Erguido para funcionar para uso misto, com lugar para moradia, trabalho e lazer, o Marina Onde compreende mais de 400 mil metros quadrados. Para quem critica a construção de arranhas-céus, os arquitetos lembram que, atualmente, mais da metada da população reside em cidades e esse índice tende a crescer 70% nos próximos 30 anos. Desta maneira, propostas arquitetônicas que miram a sustentabilidade podem amenizar possíveis impactos negativos de edificações monumentais.

H G Esch/Divulgação

H G Esch/Divulgação

No caso do Marina One, a ideia principal é a área verde central partilhada que, partindo do diálogo entre a geometria dos prédios, otimiza a ventilação natural, formando um microclima aprazível. Percorrendo os pavimentos, estão pequenos oásis verdes e, no patamar mais baixo do jardim, caminhos conectam as diversas torres, além de uma passagem no meio que perpassa uma lagoa refletora.

H G Esch/Divulgação

O leiaute das paredes envoltórias também auxilia no melhor proveito da ventilação natural. Mais ainda, em todo o complexo foram instalados sistemas de ventilação que economizam energia, como os dispositivos que diminuem a incidência solar no prédio. Com fachada em cores terrosas, passarelas em madeira e calçamento em pedra, arrematando a atmosfera local, o projeto já foi agraciado com os selos Green Mark Platinum e LEED Platinum.

H G Esch/Divulgação

H G Esch/Divulgação

As duas torres comerciais, que abrigam escritórios, contam com 175 mil metros quadrados e, em paralelo, as outras duas torres residenciais têm capacidade para três mil moradores. O objetivo é exaltar a variedade da flora tropical. São mais de 700 árvores, contemplando 350 tipos distintos de espécies arbóreas e plantas, nascendo daí uma parte ajardinada de 37 mil metros quadrados.

H G Esch/Divulgação

Tags: Coração Verde Marina One sustentabilidade cingapura prédio projeto

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
20 de setembro de 2018
17 de setembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura