Refúgio verde

Cabana de bambu convida ao deleite de paisagem exuberante na Indonésia

Construção é um verdadeiro oásis e chama ao relaxamento em meio à natureza

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/04/2018 13:24 / atualizado em 12/04/2018 13:30 Joana Gontijo /Lugar Certo
Hideout Bali/Divulgação

Para as estruturas construtivas, ele faz o papel de coluna, viga, lastro, telha, forro, maçaneta, fachadas, divisórias e muros. Pode ser usado para alguns tipos de encanamento de água, com uma infinidade de possibilidades em peças decorativas e para mobiliário, revestimento, pisos, paredes, portas, janelas, casas e edificações inteiras. A inserção do bambu na arquitetura começa desde que o homem passou a buscar na natureza matérias-primas para levantar abrigos, há milênios.

Hideout Bali/Divulgação

Essa gramínea tubular, longa e flexível, se firmou como uma alternativa vantajosa atualmente. O material orgânico com resistência a compressão superior ao concreto armado e tração comparável à do aço, se mostra como grande trunfo para aliar as necessidades humanas ao respeito à natureza, ganhando espaço como a nova madeira do século 21. Fato comprovado pelos mais de 1 bilhão de moradores em habitações desse tipo espalhados pelo mundo, de acordo com a organização chinesa International Network for Bamboo and Rattan (Inbar).

Hideout Bali/Divulgação

Uma construção singular na Indonésia explora ao máximo as qualidades do bambu. Incrustada na bela região montanhosa de Gunung Agung, em Bali, é um verdadeiro oásis em meio à natureza, ideal para receber viajantes aventureiros. É o Hideout Bali Hut, cabana sustentável assinada pelos arquitetos Jarmil Lhoták e Alena Fibichová. Ao lado de uma nascente, em diálogo direto com fascinantes campos de arroz, o lugar é um convite para experimentar a paisagem.

Hideout Bali/Divulgação

Hideout Bali/Divulgação

Para erguer a acomodação, foi especificado exclusivamente bambu oriundo das localidades, uma matéria-prima ecológica que proporcionou a feitura de uma armação durável, com uma baixa pegada de construção. O material foi conseguido das montanhas perto de Karangasem, e é tido com uma das espécies de bambu mais indicadas para obras. Pelo fato de se desenvolver praticamente a 800 metros acima do nível do mar, os arranjos dos talos da planta possuem índices de açúcar menores, o que permite melhor densidade e resistência. Antes da concretização do projeto, os talos foram tratados com fumo e produtos não tóxicos que otimizaram sua longevidade.

Hideout Bali/Divulgação

Com leiaute característico de chalés tradicionais europeus, em desenho da letra A, a cabana é sustentada por seis pilares e recebeu, para a cobertura, telhado de palha. Os contornos pontiagudos da casa foram o ensejo para os criadores decidirem por generosas janelas triangulares no pavimento de cima, desvelando o olhar para o maravilhoso espaço externo, ao mesmo tempo em que o interior é agraciado pela luminosidade natural. Os demais elementos conversam diretamente com o ambiente ao redor e o jardim dispõe de uma ducha ao ar livre ladeada de árvores.

Hideout Bali/Divulgação

Tags: cabana bambu bali indonésia

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
25 de setembro de 2018
23 de setembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura