Sem sair de casa

Condomínios que oferecem estrutura de lazer e serviços ganham a preferência do consumidor

Vantagens passam por aspectos como a segurança e a comodidade de ter tudo à mão

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/10/2018 11:00 / atualizado em 07/10/2018 11:22 José Alberto Rodrigues* /Estado de Minas
Edifício de alto luxo, o St. Tropez investiu em áreas compartilhadas e academia bem montada - Patrimar Engenharia/Divulgação Edifício de alto luxo, o St. Tropez investiu em áreas compartilhadas e academia bem montada

Fazer academia, jogar bola, nadar ou ter uma área verde para passear com as crianças ou os animais de estimação são passatempos comuns para muita gente. Quando essas atividades se alinham com a comodidade e a praticidade de se ter tudo isso em um só lugar, a qualidade de vida proporcionada é ainda melhor. Com a necessidade de praticidade, otimização do tempo e ainda de ter uma vida mais saudável, a busca por prédios com estrutura de lazer completa veio aumentando gradativamente, impulsionando o lançamento, no mercado imobiliário, de novos empreendimentos que contemplassem espaços destinados ao lazer e ao convívio social.

O condomínio com esses serviços é opção por diversos motivos, que vão desde a comodidade de não precisar sair de casa para se divertir até a segurança e a redução de custos extras. A crescente expansão imobiliária vem explorando ao máximo a potencialidade dos condomínios e aposta na diversidade dos itens de lazer. Quadras poliesportivas, brinquedotecas, espaço gourmet, academia, piscinas, salão de festas, cinema, playground, sauna e espaço pet são grandes diferenciais na hora da escolha do imóvel ideal.

De acordo com Lucas Couto, diretor comercial e de marketing da Patrimar Engenharia, construtoras e imobiliárias estão se adequando à realidade atual das famílias cada vez mais ocupadas e econômicas. Os empreendimentos residenciais têm se aprimorado em oferecer espaços modernos de lazer, que incluem do tradicional playground a sofisticadas academias e áreas gourmets. “Monitoramos essa mudança de comportamento das famílias desde o início de 2010. É uma tendência que vem numa crescente, ainda mais com o tempo mais corrido. As pessoas estão cada vez mais focadas nesses condomínios com grande variedade de áreas de lazer, para uma vida mais cômoda e com a possibilidade de se ter tudo no prédio, sem grandes deslocamentos”, afirma.

Segundo o diretor comercial, os benefícios das áreas de lazer são maiores que quaisquer outros custos. Elas reúnem diversas comodidades, o que torna dispensável a busca por outros lugares para que a família possa usufruir de passatempos. Para se deslocar até um clube ou algum parque, costuma-se percorrer grandes distâncias e, às vezes, trânsito intenso, o que acaba sendo estressante. Além disso, há o fator segurança, principalmente quando se tem filhos. “A vantagem de ter uma área de lazer é poder ter a certeza de que o seu filho pode se divertir estando seguro dentro do condomínio, com você sempre por perto. Com opções de lazer dentro do próprio lar, você economiza tempo, dinheiro e sem precisar tirar o carro da garagem. Você pode até pensar que um condomínio com essa variedade de entretenimento pode ser mais caro, porém, é um investimento que vale muito a pena”, comenta Couto.

Piscina é um dos chamarizes do residencial San Giuseppe, além de sauna e quadra poliesportiva - Grupo EPO/Divulgação Piscina é um dos chamarizes do residencial San Giuseppe, além de sauna e quadra poliesportiva

Pesquisa realizada pela Patrimar aponta que a área de lazer está em segundo lugar no ranking das necessidades do que os futuros compradores procuram em um imóvel, perdendo apenas para o quesito segurança. “Essas áreas não eram tão mencionadas no passado, o que reforça a mudança de comportamento e estilo de vida das pessoas”, pontua. Para Marcelo Carvalho, gerente comercial do Grupo EPO, as áreas de lazer dão a sensação de aconchego do lar, o que evidencia maior demanda por condomínios com esses espaços. “Há essa sensação de casa, um ponto de encontro e convergências. Além da melhora do convívio entre os próprios moradores. É uma extensão do lar”, explica.

LIQUIDEZ

O gerente comercial ainda explora uma nova tendência dentro dos condomínios, que, além de melhorar a convivência, gera economia de gastos: a experiência de compartilhamento de serviços e bens. As novas maneiras de se viver em condomínios já estão sendo implementadas por grande parte das construtoras e estão revolucionando o setor. “Espaços gourmets e lavanderias coletivas são exemplos mais comuns de compartilhamentos, adaptados para uma geração em busca de áreas menores, e tendem a aproximar ainda mais as pessoas”, comenta Marcelo Carvalho.

Olhando pelo lado do investimento, pode ser muito rentável também. Um apartamento com área de lazer é muito mais valorizado quando comparado a um que não tenha opções para se divertir. “Isso significa poder alugar ou vender o imóvel, quando preciso, por um preço maior e mais rápido. Ou seja, promove maior liquidez do imóvel”, pontua.

* Estagiário sob a supervisão da subeditora Elizabeth Colares
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
16 de dezembro de 2018
15 de dezembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura