Comentários
600
Cantinho barroco

Artista resgata a bela arte sacra mineira para dar forma a oratórios exclusivos

O restaurador Ricardo Fernandes Bittermann cria oratórios com inspiração em altares das igrejas barrocas das cidades históricas mineiras e retoma com sua arte a importância da devoção

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/12/2013 08:00 / atualizado em 18/12/2013 13:57 Márcia Maria Cruz /Estado de Minas
Os oratórios são feitos a partir da técnica tradicional - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press Os oratórios são feitos a partir da técnica tradicional

As pinturas e esculturas são atrações à parte nas cidades históricas mineiras e servem de inspiração para o restaurador Ricardo Fernandes Bittermann, de 50 anos. O artista resgata em seu trabalho a beleza da arte sacra das igrejas, que são patrimônio artístico e cultural de Minas Gerais. Foi a partir do cuidado com capelas e altares de particulares que Ricardo resolveu produzir réplicas. Elas são feitas tendo como referência altares dos templos barrocos e oratórios do Museu do Oratório, em Ouro Preto. Ricardo transporta para as peças, cujo tamanho varia de 40cm a 3 metros de altura, os detalhes e cores do entalhe ou da pintura.

Veja fotos do trabalho de Ricardo

Ricardo Bittermann resgata a beleza da arte sacra das igrejas mineiras - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press Ricardo Bittermann resgata a beleza da arte sacra das igrejas mineiras

As peças em marchetaria são ricas em detalhes e cores - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press As peças em marchetaria são ricas em detalhes e cores
Para a confecção de cada uma das peças, Ricardo leva, em média, quatro dias e usa madeira antiga de demolição. As pinturas são feitas com tinta óleo ou latex. “Conseguimos reproduzir com fidelidade, inserindo detalhes das pinturas e até os entalhes”, garante. A confecção de oratórios começou há dois anos. Como ele fazia marchetaria, que é a arte de entalhe na madeira, apareceram oratórias para restaurar e resolveu fazer cópias. Amante do Barroco mineiro, Ricardo busca referência na obra de Antonio Francisco Lisboa, o Aleijadinho, e Mestre Ataíde, ambos artistas que se destacaram pela produção no barroco mineiro.

Veja outras fotos de oratórios
Confira imagens de marchetaria

A ideia de criar as réplicas surgiu depois que recebeu a incumbência de restaurar alguns oratórios. Depois que fez o primeiro, a divulgação de seu trabalho foi de maneira espontânea. “A propaganda é feita boca a boca”, diz. As peças podem ser encomendadas diretamente com ele ou compradas no Bar do Domingos, em frente à igreja matriz, no distrito de Glaura, em Ouro Preto. A oficina do artista é em Macacos, onde ele mora com a família.

Para Ricardo, os oratórios servem tanto para que as pessoas possam expressar a religiosidade como também se tornaram objeto de decoração. “As pessoas que compram costumam ser muito religiosas e os usam para colocar os santos de devoção.” Os preços variam de acordo com o tamanho da imagem e também em relação aos materiais que são usados. Alguns oratórios recebem inclusive folhas de ouro.
Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press

Tags: arte

Últimas Notícias

ver todas
13 de dezembro de 2016
23 de fevereiro de 2016

No Lugar Certo você encontra o que procura