A vez do 'mergulho sereno'

Tom de azul versátil e atemporal, 'mergulho sereno' tem tudo para se destacar em 2017

Tom de azul que combina com qualquer tipo de ambiente é a nova aposta de cor que vai predominar na decoração em 2017. Há outras tonalidades divididas em quatro tendências globais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 12/10/2016 20:13 Estado de Minas
'Mergulho sereno' é versátil, atemporal e vai bem em todos os ambientes - Coral/Divulgação 'Mergulho sereno' é versátil, atemporal e vai bem em todos os ambientes
A cor que vai predominar na decoração em 2017 já está escolhida. É o “mergulho sereno”. Segundo a AkzoNobel, empresa que detém a marca Coral no Brasil, trata-se de um tom de azul versátil e atemporal, que combina com qualquer ambiente e tem características diferentes dependendo da luz e da combinação de tons. A cor faz parte do Colour Futures, estudo internacional de tendências de cores que, para o próximo ano, é norteado pelo tema “A vida sob um novo ângulo”. A coleção 2017 traz 45 tonalidades divididas em quatro tendências globais.

Segundo a diretora do Centro de Estética Global da AkzoNobel, Heleen van Gent, o azul é um tom do cotidiano, mas ao mesmo tempo muito especial. “Ele está sempre presente, seja no céu, na água, nas roupas, na tinta da caneta. Nesse sentido, 'mergulho sereno' transita em todos os estilos de vida e de decoração. Trata-se de uma cor reconfortante, que reflete o que buscamos neste momento”, explica.

Heleen ressalta o poder transformador e inspirador da cor nas pessoas e nos espaços onde elas passam o tempo, seja em casa, no trabalho ou em áreas de lazer.

Para complementar a cor do ano, foi desenvolvida uma paleta permeada de azuis. Quando combinado com os tons claros, mergulho sereno ganha um ar fresco e arejado; junto a tons escuros, torna-se mais dramático. Paralelamente a essa paleta, quatro tendências globais compõem o Colour Futures 2017: “novo romantismo”, “individualismo compartilhado”, “home office” e “reinvenção do luxo”.

Cores neutras predominam nesse ambiente - Coral/Divulgação Cores neutras predominam nesse ambiente
Ela explica que a cor “novo romantismo” explora a forma como as pessoas estão melhorando a conexão com o planeta e com a natureza. Sua paleta traz cores que criam um espaço ideal para calma e reflexão. “Home office”, a segunda tendência, aponta que as casas estão se tornando o centro da vida pessoal e profissional. O tema explora a necessidade de equilíbrio e a importância de criar espaços de trabalho inspiradores, neste momento em que existe uma busca por viver melhor nessa nova rotina. “Home office” indica que cores contrastantes são as melhores ferramentas para criar o ambiente ideal para inspirar o trabalho e o lazer. Outra opção é delimitar, por meio da pintura, uma área de trabalho usando formas geométricas ou blocos.

Mais conexão com o planeta e a natureza fazem parte do 'novo romantismo' - Coral/Divulgação Mais conexão com o planeta e a natureza fazem parte do 'novo romantismo'
“Individualismo compartilhado”, segundo Heleen, surgiu após a observação da criação de redes de pessoas que pensam de forma semelhante ou de novas famílias, “e a importância do sentido de fazermos parte de um grupo – digital ou físico”. Essa paleta traz um tom brilhante de neon, um rosa suave e um vermelho-cereja vibrante, e é indicada para qualquer um que compartilhe espaços e que deseja criar áreas comuns agradáveis e convidativas.

Já a paleta “individualismo compartilhado” cria áreas comuns agradáveis e convidativas, diz a diretora. “'Reinvenção do Luxo' mostra um novo tipo de consumismo, no qual a experiência pessoal tem mais valor do que os bens que se tem. A quarta tendência capta essa maneira de viver, à medida que criar lembranças valiosas passa a ser prioridade. Trata-se de uma paleta de cores neutras para que a concentração esteja focada justamente nas memórias e experiências. Aqui, a combinação de cores capta os mais belos e suaves tons neutros, e dá grande destaque ao tom 'mergulho sereno'”, acrescenta.

DECORADOR VIRTUAL “A Coral acredita que a cor tem o poder de inspirar e transformar a vida das pessoas e as cidades onde elas moram, e tem trabalhado para reforçar a tinta como o primeiro item da decoração, e não o último da reforma ou construção. O Colour Futures é um estudo internacional consolidado, publicado desde 2004. Nossa intenção é que esse tipo de conteúdo, aliado a outras inovações como nosso decorador virtual, o Coral Visualizer, ajude o consumidor a sentir mais segurança na hora da escolha de um tom e da combinação de cores”, afirma o diretor de marketing da AkzoNobel Tintas Decorativas, Fernando Domingues.

Paleta 'individualismo compartilhado' é indicada para qualquer um que compartilhe espaços - Coral/Divulgação Paleta 'individualismo compartilhado' é indicada para qualquer um que compartilhe espaços
O decorador virtual Coral Visualizer, que possibilita ao usuário pintar instantaneamente um ambiente real com as cores preferidas, acaba de passar por um upgrade. A nova versão 3.0 do app para iOS e Android permite compartilhar o projeto nas redes sociais para receber feedback dos amigos, inclusive sugestões. As simulações (são mais de 2 mil cores disponíveis) podem ser feitas tanto a partir de uma foto quanto de um vídeo panorâmico – outra novidade do decorador virtual. E, se houver no próprio ambiente um tom inspirador num objeto decorativo, por exemplo, a função “seletor de cor” permite reconhecê-lo e utilizá-lo nas paredes.

A ferramenta digital pode ser baixada por meio do site www.coral.com.br. De 2014 para cá, já são mais de 4 milhões de downloads só no Brasil.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
18 de setembro de 2018
11 de setembro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura