Passeio virtual

Construtoras usam tecnologia para atrair clientes ao estande de venda e fechar negócio

Recursos tecnológicos, cada vez mais, ganham espaço na apresentação dos empreendimentos imobiliários com o objetivo de aproximar consumidor e produto

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/07/2014 11:26 / atualizado em 21/07/2014 11:35 Carolina Cotta /Estado de Minas
A Direcional Engenharia e a Masb utilizam óculos VR para apresentar o empreendimento Reservas do Bosque - Plan B/Divulgação A Direcional Engenharia e a Masb utilizam óculos VR para apresentar o empreendimento Reservas do Bosque
Na tarefa de aproximar cliente e produto, as tecnologias estão ganhando espaço. Cada vez mais elas são usadas na apresentação de empreendimentos imobiliários. Para divulgar o complexo Reservas do Bosque, a Direcional Engenharia e a Masb embarcaram em uma ideia inédita. Ao visitar o estande, o cliente é convidado a fazer um passeio virtual de balão, com um óculos VR, também conhecido como Oculus Rift, dispositivo de realidade virtual recentemente adquirido pelo Facebook. “Essa tecnologia é bastante recente no mercado. Apresentar um condomínio dessa maneira é uma evolução para o mercado imobiliário”, revela Fabrício Gimenes, planner da Plan B, que desenvolveu a ação.

Localizado ao lado do Buritis, vizinho ao Parque Ecológico Jacques Cousteau, uma reserva natural com mais de 355 mil metros quadrados (m²) de área verde, o Reservas do Bosque tem a proposta de integração de seus cinco condomínios com a natureza em uma área de 120 mil m². Segundo Junior Bosco, gerente comercial da Direcional Engenharia – Regional Minas Gerais, nessa viagem de balão simulada o cliente pode ver toda essa harmonia do alto, a mesma visão que terá do seu apartamento no futuro.


No estande, o cliente entra em um cesto de balão e com a projeção dos óculos pode ver o posicionamento do empreendimento, como se estivesse passando ao lado das torres. Depois, na simulação, desce até a portaria do prédio, embarca em um carrinho elétrico e com as imagens em 4D pode ver a torre de baixo, a piscina e demais áreas externas. O interior do apartamento é apresentado de forma tradicional, por meio de apartamento decorado. A Direcional já tinha experimentado outras tecnologias como estratégia no lançamento do Oásis, em Contagem. Mas tratava-se de uma espécie de cinema 3D.

“A ideia é mexer com o aspecto lúdico. O cliente que compra um imóvel na planta está comprando uma imagem, algo que não é palpável. Ele sai com um contrato na mão, o que torna essa relação de compra muito fria. Queríamos mais proximidade. Essas ferramentas trazem essa sensação de convivência dentro do empreendimento”, conta Junior.
Perspectiva do Reservas do Bosque - Direcional Engenharia/Divulgação Perspectiva do Reservas do Bosque
A Patrimar também tem usado recursos tecnológicos para ampliar a relação do cliente com o produto. Em seus estandes, o potencial morador pode acessar as perspectivas do empreendimento por meio de uma TV touch e participar de uma sessão de cinema do filme sobre o lançamento. Segundo Lucas Couto, diretor comercial e de marketing da construtora, depois de inovar com os apartamentos decorados, que há alguns anos revolucionaram o meio de se conhecer um empreendimento, a Patrimar passa a fazer um tour virtual.

“Ele consegue ver o apartamento decorado, as plantas do apartamento e da garagem, além de uma série de imagens. Assim, pode ter uma visão geral. Isso facilita o processo porque as pessoas podem saber mais detalhes. Podem dar um zoom e ver o acabamento de perto. Está tudo lá, com fácil acesso”, conta Lucas. O recurso vem sendo usado há cerca de um ano.

APLICATIVO

A Patrimar também acaba de lançar um aplicativo, o Patrimar Access, para proporcionar facilidade e conforto aos moradores e funcionários. Entre as funcionalidades estão a consulta e reserva de datas nos espaços comuns do condomínio; chegada segura, no qual o morador avisa ao porteiro que está chegando ao prédio, e com que carro; acesso a notícias do condomínio e atas; mensagens do síndico e classificados de vizinhos; notificação da chegada de visitantes, mercadorias e prestadores de serviços; cadastro mobile de todos os moradores e veículos; definição de horários em que os funcionários estarão autorizados a entrar na residência. Há dois sistemas: um para moradores, que funcionará em iOS e Android, e outro para administradores e porteiros, em iPads.

Tags: tecnologia

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Iris - 21 de Julho às 13:23
Vale tudo para vender, ainda mais agora que ninguém quer comprar pelos altos preços praticados! Todos estão é assistindo a bolha estourando...sem óculos:só olhos de realidade real mesmo!

Últimas Notícias

ver todas
15 de julho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura