Bairros de BH

Gameleira segue vocação original e se estabelece como casa de grandes empresas

Gameleira, na Região Oeste de BH, que mudou a partir da transferência da Funed para a região, na década de 1940, é um bairro vocacionado para a área de serviços

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/01/2016 17:55 / atualizado em 07/03/2016 17:42 Gustavo Perucci /Estado de Minas

O Expominas é um dos principais pontos de referência do Bairro Gameleira - RAMON LISBOA/EM/D.A PRESS O Expominas é um dos principais pontos de referência do Bairro Gameleira
Somente uma pequena parcela de sua área é residencial. Isso porque o Gameleira, na Região Oeste de Belo Horizonte, não abriu mão de sua vocação inicial, pensada desde o plano-piloto da nova capital de Minas Gerais, de ser um centro prestador de serviços. E mesmo que o cenário que antes abrigou uma grande fazenda hoje esteja completamente diferente, seu papel continua de fundamental importância para o desenvolvimento da cidade, com a atração e fixação de grandes empresas e órgãos públicos.

O bairro é formado praticamente por casas na pequena faixa residencial. Nesse espaço, o padrão de acabamento é variado, mas os lotes costumam ter um bom tamanho. A infraestrutura comercial e de serviços é muito boa. São lojas de material de construção, padarias, açougues, loterias, despachantes, mercearias, hortifrútis, algumas agências bancárias, lanchonetes, bares e restaurantes. Instituições de ensino públicas e privadas, do fundamental ao universitário, também estão presentes.

“Existem alguns conjuntos habitacionais, como o Henrique Silva Araújo. No mais, são casas, com bons lotes, de 300 metros quadrados em média. Boa parte das pessoas vive no Nova Gameleira, que tem mais área residencial que o Gameleira. Mas os dois bairros são muito próximos e se complementam”, afirma Geraldo Humberto Teixeira, que mora há 30 anos na região e atua como corretor de imóveis há oito. Teixeira explica, ainda, que os apartamentos são de padrão de classe média, com dois ou três quartos. Quanto mais próximo à Avenida Silva Lobo, mais valorizados ficam os imóveis. “Poucas pessoas sabem, mas algumas casas chegam ao valor de R$ 1 milhão”, acrescenta.

 

Faixa residencial é praticamente formada por casas construídas em lotes grandes - RAMON LISBOA/EM/D.A PRESS Faixa residencial é praticamente formada por casas construídas em lotes grandes
Outras vantagens da vizinhança são a presença da estação de metrô, privilégio de poucos bairros da cidade, boas opções de linha de ônibus e localização, próximo a duas importantes vias de circulação. A Gameleira é vizinha do Calafate, Guaratã e Nova Gameleira, na Região Oeste, e do Coração Eucarístico, na Noroeste.

CARACTERÍSTICAS Durante a concepção do projeto de BH, a Região Oeste foi pensada como uma área que se preservaria com características de zona rural. As chácaras e fazendas ali existentes ajudariam a nova capital de diversas maneiras, produzindo alimentos e fornecendo recursos naturais. Esse era o caso da Fazenda da Gameleira.

Pouco tempo depois da inauguração de Belo Horizonte, mais precisamente em 1909, o governo do estado inaugurou o Instituto Profissional João Pinheiro, instituição de ensino agrícola e assistência a menores abandonados. Duas décadas depois, os primeiros loteamentos de áreas da Fazenda da Gameleira foram comercializados. A ocupação da região, porém, só ocorreu, efetivamente, com a expansão da Avenida Amazonas, nos anos 1940.

Mas o marco da transformação do bairro foi a transferência da Fundação Ezequiel Dias (Funed), então Instituto Ezequiel Dias, em 1941, da Praça da Liberdade para lá. Importante centro de pesquisa e promoção de saúde pública do país, a Funed fabrica medicamentos de diferentes classes terapêuticas, vacinas, soros e antirretrovirais. É a única instituição do Brasil a produzir a talidomida, utilizada pelo Ministério da Saúde no tratamento da hanseníase e de lúpus, e é referência em pesquisa.

Depois disso, várias outras instituições escolheram o Gameleira para abrigar suas dependências. Por isso, o bairro é cheio de pontos de referência da cidade: Parque de Exposições Bolívar de Andrade (Parque da Gameleira); Hospital Psiquiátrico Galba Veloso; Expominas; Hospital Sara Kubitschek; Departamento Estadual de Trânsito (Detran); 5º Batalhão da Polícia Militar; Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais (Cefet-MG) e Academia de Polícia Civil de Minas Gerais.

É interessante observar como a presença de certas instituições influencia na formação do bairro. Próximo ao Centro de Inspeção Veicular do Detran-MG, vários despachantes e vendas de extintores e placas ocupam as pequenas lojas ao redor. Já as repúblicas e pensões ficam do lado da Academia de Polícia Civil de Minas Gerais.




EZEQUIEL DIAS
Nascido em Macaé, no Rio de Janeiro, Ezequiel Caetano Dias foi o primeiro diretor médico da filial do Instituto Oswaldo Cruz (IOC) de Belo Horizonte, inaugurada em 3 de agosto de 1907. O médico e farmacêutico, nascido em 11 de maio de 1880, era muito próximo do famoso médico sanitarista brasileiro que batizou o IOC e acompanhou de perto as pesquisas de Carlos Chagas sobre os aspectos hematológicos da doença de Chagas. Ezequiel Dias teve importante papel na comunidade médica e científica de Belo Horizonte, pois promovia, em sua casa ou na biblioteca do IOC, na Praça da Liberdade, serões para médicos e naturalistas. Documentos da época ligam o início do projeto de constituição da Faculdade de Medicina da Universidade Federal de Minas Gerais a essas reuniões. Dias morreu em 22 de outubro de 1922. Uma década depois, o IOC passou a se chamar Fundação Ezequiel Dias.


Importante centro de pesquisa e promoção de saúde pública, a Funed ajudou a transformar as características do bairro - RAMON LISBOA/EM/D.A PRESS Importante centro de pesquisa e promoção de saúde pública, a Funed ajudou a transformar as características do bairro


LOCALIZAÇÃO
» Região Oeste

ORIGEM DO BAIRRO
» O bairro ocupa área da antiga Fazenda Modelo da Gameleira, que, no projeto-piloto da cidade, seria mais uma região voltada para a produção de alimentos para a população de Belo Horizonte. O nome Gameleira é referência a árvores da família das moráceas, comuns na antiga fazenda.

PRINCIPAIS VIAS
» Avenida Amazonas
»  Avenida Tereza Cristina
» Avenida Presidente Juscelino Kubitschek
» Rua Engenheiro Felipe Caldas
» Rua Conde Pereira Carneiro

PRINCIPAIS REFERÊNCIAS
» Fundação Ezequiel Dias
» Parque de Exposições Bolívar de Andrade (Parque da Gameleira)
» Expominas
» Hospital Galba Veloso
» Hospital Sara Kubitschek
» Centro Federal de Educação Tecnológica de Minas Gerais – Câmpus 4
» Estação de metrô Gameleira
» Divisão de Registro de Veículos do Departamento Estadual de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG)
» 5º Batalhão da Polícia Militar
de Minas Gerais
» Colégio Tiradentes Gameleira
» Academia de Polícia Civil de Minas Gerais

PRINCIPAIS LINHAS DE ÔNIBUS
» 1145 (Bairro das Indústrias)
» 1502 (Vista Alegre/Guarani)
» 1505 (Alto dos Pinheiros/Tupi)
» 1509 (Califórnia/Tupi)
» 1510 (Madre Gertrudes/Providência)
» 2035 (Bairro das Indústrias/Centro)
» 2104 (Nova Gameleira/BH Shopping)
» 2151 (Vista Alegre/Serra)
» 3029 (Regina/Centro)
» 3053 (Estação Barreiro/
Barro Preto)
» 4031 (Santa Maria/Hospitais)
» 9414 (Santa Inês/João Pinheiro)

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
19 de julho de 2018
15 de julho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura