Comentários
600
Organização

Aprenda como fazer o descarte de uma peça ou objeto sem sofrimento

Como equilibrar a balança da organização sem ter que se desfazer daquela peça que te faz tão feliz? Confira as dicas de colunista Adriana Zoni

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/06/2022 13:21 / atualizado em 13/06/2022 17:25



Objetos sem valor financeiro, mas de grande valor sentimental. Como equilibrar a balança da organização? / Foto: Freepik - Objetos sem valor financeiro, mas de grande valor sentimental. Como equilibrar a balança da organização? / Foto: Freepik
 
 
Já sabemos que o maior inimigo da organização é o excesso. Não importa se falamos da cozinha, armário ou do quartinho da garagem. Aliás, esse recebe todo falso descarte e tende a ser o ambiente mais difícil de se organizar. Tanto pela quantidade de objetos que se acumulam ali quanto pela dificuldade de finalmente livrar-se de peças com grande valor afetivo.
 

Precisamos falar mais sobre memória afetiva

 Sempre que entramos em contato com algo que nos desperte uma lembrança, ativamos o modo ON da nossa memória afetiva. Um cheiro, uma música, um lugar... tantos podem ser os gatilhos para nos fazer lembrar de uma fase boa, uma pessoa querida. 
 
E por provocar em nós um sentimento positivo, nos apegamos a esses elementos para nos conectarmos a eles sempre que possível. Há, naturalmente, maior dificuldade em desapegar-se de objetos que nos levam a essas memórias, mas esse pode ser o grande vilão que atrapalha a organização nossa de cada dia. "Mas os trabalhinhos da escola do meu filho são tão lindos, que quero guardar todos!”
 
Faz parte do meu trabalho como Personal Organizer orientar os clientes sobre a forma correta de descartar objetos que não tem uso e ocupam espaço em casa dificultando o processo da organização. 
 
Veja algumas dicas que podem te ajudar a fazer um descarte consciente, mas sem abrir mão daquela pasta de papel de carta que você demorou tanto para completar. Tudo bem que isso aconteceu há mais de 30 anos! Se ainda é importante para você, talvez não seja a hora de se livrar dela.
 
O descarte é o primeiro e mais importante passo para um projeto de organização bem sucedido. A análise minuciosa de cada peça pode demorar, mas acredite: vai te fazer ganhar muito mais tempo – e espaço - depois! 
Além de liberar seu armário, você tira também aquela energia estagnada dos objetos que não tem mais serventia. 
 
O descarte é o primeiro e mais importante passo para um projeto de organização bem sucedido. / Foto: Freepik - O descarte é o primeiro e mais importante passo para um projeto de organização bem sucedido. / Foto: Freepik
 

Veja a seguir 4 dicas que vão te ajudar na hora do descarte de objetos

 Escolha um ambiente para organizar

Organize seu guarda-roupas, por exemplo. Tire todas as peças dele, uma a uma, e vá montando as pilhas com as peças correspondentes. Durante o processo de tira-e-separa você terá a chance de pensar sobre cada roupa. Há uma máxima que diz que: se você não usou determinada peça no último ano, sinal de que pode ser descartada. Há também quem defenda a tese de que cada objeto deve te despertar algum sentimento bom. Aqueles que não fazem conexão com você, não pertencem mais ao seu universo. Então, descarte!

Repita todo o processo 

Depois de analisadas todas as roupas, repita o processo com os sapatos, acessórios e tudo mais que tiver guardado no armário.


Defina bem cada categoria

Algumas categorias que usamos pouco podem gerar dúvidas. Como roupas de frio, se você mora em uma cidade quente ou biquínis, se sua casa fica longe da praia. Para essas, concentre-se em guarda-las juntinhas e coloque-as em um local menos nobre, que não atrapalhe a escolha dos seus looks no dia a dia. Comumente acomodamos esses volumes em maleiros ou locais semelhantes. Eles podem ficar fora da vista fácil, mas sempre identificados para que não se esqueça deles quando precisar.

Crie a "Caixa de lembranças” 

A parte final desta análise, é também a mais difícil. Fotos, cartinhas de amor, a roupinha que seu filho usou quando saiu da maternidade... São objetos sem uso, mas de enorme valor afetivo. Pode mesmo ser difícil se livrar do travesseirinho que te acompanha desde o berço porque é uma peça que te traz alegria, aconchego, segurança, e você simplesmente não quer abrir mão dele. Algum problema nisso? Nenhum! Mas há uma forma correta de manter esses elementos em casa.

Depois de analisar todas as peças que estiverem no seu armário (to-das mesmo!), crie então uma nova categoria: CAIXA DE LEMBRANÇAS. Coloque nessa caixa todas as peças que fazem sentido para você. O volume que cabe na caixa nos informa até onde podemos chegar. Não dá para guardar todos os trabalhinhos que seu filho fizer, mas você pode selecionar o que for mais especial e encontrar um cantinho na sua casa para cuidar bem da sua memória afetiva.
 
Vivemos sob o desafio de desviar de tantos acontecimentos ruins no nosso dia a dia e isso nos afasta dos bons momentos. Organize sua casa com técnica e mantenha seu oásis de lembranças bem guardado para usar sempre que precisar recarregar as energias.
 
A organização existe para melhorar a sua vida. Conhecendo e aplicando a técnica correta você sentirá os efeitos positivos dessa intervenção e verá tudo em sua vida acontecendo de forma mais fluida e intuitiva. 
Fique bem e boas lembranças pra você!  
 

Gostou deste conteúdo? Leia também Organização: entenda a diferença entre arrumar e organizar a casa


Adriana Zoni - Adriana Zoni

Adriana Zoni

Adriana Zoni é graduada em Relações Públicas, especializada em Gestão da Informação, com passagem pelo Design de Interiores, e Personal Organizer dá Bee Organiza (@beeorganiza) desde 2015 em BH e arredores. Casada, mãe de uma criança esperta e um adolescente corajoso, uso a criatividade para entender o mundo, escrever histórias e otimizar espaços. Nascida desorganizada, mas atualmente pronta para ensinar sobre as técnicas que conquistaram meu coração e mudaram a minha vida!

Outros Artigos

ver todas
08 de agosto de 2022
25 de julho de 2022
11 de julho de 2022
27 de junho de 2022
13 de junho de 2022