Resistência

Garagem: saiba quais sãos os tipos de pisos ideais para área externa

O piso de áreas externas deve levar em consideração a resistência e a durabilidade devido à circulação de pessoas e a permanência de veículos

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 07/10/2021 13:00 / atualizado em 07/10/2021 13:14


Hippox


Você está construindo ou reformando e está em dúvida sobre o tipo de piso para área externa e garagem? É bom frisar que a garagem ganhou novas funcionalidades, como guardar objetos e ferramentas. Mas pode ter um desenho arquitetônico que se una ao hall de entrada ou sala do imóvel. 
 
Por essas razões, a escolha do piso deve levar em consideração o tipo de garagem. Se ela ficar totalmente fechada, pode-se escolher um piso mais simples, como o cimento queimado. Porém, se ela for uma área de convívio ou estar integrada ao hall de entrada, o piso de garagem deve ser mais bonito e combinar com o estilo do imóvel. 
 
De maneira geral, por ser uma área externa, o recomendado é que o piso seja antiderrapante. Há ainda modelos de pisos que valorizam a permeabilização do solo, fazendo com que a água da chuva escoe normalmente. 
 
E, então, que tal ver mais dicas sobre o tipo de piso para área externa e garagem? 

Escolha pisos resistentes 


Não guie a sua decisão do piso da garagem apenas pelo preço. Portanto, leve em consideração a aquisição de um piso resistente. 
 
Isso porque a garagem pode apresentar alguns problemas com pisos pouco resistentes, como manchas do óleo que pode vazar do carro, afundamento nas partes das rodas e trincas.  
 
Sendo assim, além de escolher um piso resistente, assegure que a instalação está sendo feita da maneira correta, com a devida base e assentamento. 

Opte por pisos fáceis de limpar 


Como falamos anteriormente, o piso da garagem pode conter manchas de óleo, além de marcas de pneus e sujeira vinda da rua. 
 
Desse modo, é bom escolher um piso fácil de limpar. Lembrando que os pisos lisos são mais fáceis de manter, ao passo que concreto, pisos antiderrapantes e outros tipos são mais difíceis. 
 
Apesar desse detalhe, leve em consideração também a segurança, já que o piso antiderrapante é o mais indicado. 

Confira quais são os tipos de piso de área externa mais comuns 


Leia agora uma seleção de pisos que separamos para auxiliar você na decisão pelo melhor piso de garagem. 
 

Ardósia

Ela é uma ótima opção para garagens que são integradas à sala, por exemplo, pois assim pode-se usar o mesmo material para ambos os ambientes. 
 

Cerâmico emborrachado

Esse tipo de piso é mais difícil de limpar que o liso, porém, ele possui vantagens, como não fazer barulho com as rodas quando o carro se movimenta e, além disso, ser antiderrapante. 
 

Cerâmico liso

Pode-se dizer que é o revestimento mais comum em áreas residenciais. Sendo assim, existe uma infinidade de cores, tamanhos, texturas e estampas. 
 

Concregrama

O piso é formado por pedaços vazados de concreto, sendo ideal para garantir a porcentagem de permeabilidade exigida por lei em muitas construções, como condomínios. 
 

Deck de madeira

deck de madeira dá um ar de elegância e modernidade ao ambiente, no entanto, exige atenção para evitar manchas e umidade. 
 

Ladrilho hidráulico

Ele é uma composição de areia, cimento, pedra e concreto, sendo, por esse motivo, bastante resistente. Por isso, é muito visto em garagens de condomínios. 
 

Pedras portuguesas

Comum em áreas comerciais e hotéis, o piso com pedras portuguesas também é excelente para residências, proporcionando um belo efeito estético. 
 

Piso de concreto

Esse é o tipo de piso para garagem e área externa que é mais econômico. Além disso, apresenta resistência e durabilidade. Se você se cansar dele, pode facilmente instalar piso cerâmico por cima. 
 

Piso de pedra

Pode ser usada pedra natural, que é mais cara, mas garante um belo efeito e muita resistência. 
 

Piso em fulget

É uma opção econômica e que apresenta uma bela estética, sendo formado por uma solução que mistura pedras naturais moídas e outros aditivos. 
 

Piso epóxi

É parecido com o fulget, mas é liso e brilhante, sendo ideal para áreas comerciais.
 

Piso intertravado

Também conhecido como paver, esse tipo permite a permeabilidade do projeto e é bastante prático. 
 

Piso moeda emborrachado

Ele é muito comum em áreas comerciais, tendo as suas vantagens, como ser antiderrapante e ter um excelente custo-benefício. 
 

Piso vinílico

É fácil de instalar, manter e limpar, sendo um dos mais procurados. 
 

Placas de concreto

Há muitos projetos que utilizam as placas de concreto separadas com faixas de pedras ou gramas. 
 

Porcelanato

Tem um brilho que chama a atenção, além de ser bastante resistente. O porcelanato pode ser mais caro que o piso cerâmico, além de fazer mais barulho na manobra do automóvel. 
 

Gostou das dicas? 

 
Já se decidiu? Entre estes revestimentos apresentados, as opções mais baratas são: pedras portuguesas, concreto, cimento queimado, cerâmica, pavers, entre outros, cujo projeto varia conforme a metragem, mão de obra e outros fatores. 
 
Concluindo, os tipos de piso para área externa e garagem apresentam-se em muitas opções, mas o melhor é aquele que mais combina com o seu projeto e orçamento. 
 
Se você gostou deste conteúdo, poderá apreciar também dicas de piso de madeira para diferentes ambientes da casa. E não se esqueça de continuar acompanhando os conteúdos do Lugar Certo. 
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
21 de outubro de 2021
14 de outubro de 2021

No Lugar Certo você encontra o que procura