Vitrine de tendências

Casa Cor Minas começa sábado ressaltando a influência da moda na arquitetura

Evento acontece entre 1º de setembro e 16 de outubro no Boulevard Shopping, em BH

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 29/08/2012 10:11 / atualizado em 30/08/2012 11:27 Joana Gontijo /Lugar Certo
Lounge Clube A, projeto de Renata Basques - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Lounge Clube A, projeto de Renata Basques

Valorizando a interligação entre arquitetura e moda para mostrar como o universo fashion está cada vez mais incluído nos projetos de decoração e design, a 18ª edição da Casa Cor Minas vai abrir as portas ao público a partir deste sábado, em Belo Horizonte. Com 44 ambientes assinados por mais de 72 profissionais, distribuídos em uma área superior a 3 mil metros quadrados, este ano o evento vai acontecer na cobertura do Boulevard Shopping, no Santa Efigênia, em um espaço integrado que foi construído do zero no estacionamento do shopping. Arquitetos, decoradores, designers de interiores e paisagistas apresentam as últimas tendências do morar e receber bem traduzidas em propostas sofisticadas, de bom gosto e cheias de estilo. A organização espera receber mais de 50 mil visitantes até o dia 16 de outubro, o que representa um aumento de 30% em relação a 2011. Reconhecida internacionalmente como o maior evento de arquitetura e decoração das Américas, e o segundo maior do mundo, a Casa Cor se firma com elegância no calendário oficial de eventos da capital mineira.


“Os visitantes vão desfrutar de um leque de novidades em arquitetura, decoração, paisagismo, design, materiais e equipamentos de alto nível, para que vivenciem um momento de sonho e bem-estar. Para quem deseja construir, reformar ou decorar o lar, a Casa Cor Minas é o lugar certo”, ressalta João Grillo, organizador do evento. Com o tema “Leve seu estilo para sua casa”, a mostra ressalta estampas, materiais, texturas e cores, que servem de referência para os estilistas e estão sendo rapidamente absorvidos nos projetos de arquitetura, design de interiores e nos itens de construção, adquirindo novas interpretações. “A moda, bem como a decoração, é uma linguagem que traduz nossa forma de enxergar o mundo. Elas tratam de estilo e expressão e fazem parte do universo da estética. Casa e guarda-roupa podem caminhar juntos e refletem a personalidade dos donos”, afirma Grillo.


A preservação do meio ambiente é outro pilar presente na Casa Cor, que cada vez mais explora soluções inteligentes e ecológicas nos projetos. “Os profissionais buscam aliar a utilização de materiais sustentáveis ao conforto e a beleza. Ambientes ecologicamente corretos, com redução de consumo de água e resíduos, jardins verticais, além de móveis e revestimentos com madeira de demolição, têm se tornado itens de desejo de quem aprecia arquitetura e decoração,” declara
Os organizadores do evento João Grillo e Ernesto Lolato esperam um público de mais de 50 mil pessoas até outubro - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Os organizadores do evento João Grillo e Ernesto Lolato esperam um público de mais de 50 mil pessoas até outubro
Ernesto Lolato, também diretor da Casa Cor Minas. Em ambientes criativos e inovadores, conforto, bem-estar e tecnologia também dão o tom do evento. “O público vai conhecer e se inspirar no que há de mais moderno para o lar. Além disso, terá a oportunidade de perceber que a tecnologia pode fazer parte da rotina dos lares brasileiros, garantindo comodidade, economia de recursos e preservação do meio ambiente”, destaca João Grillo.

Quem visitar a Casa Cor poderá conferir propostas para jardins, salas, espaço gourmet, estar, estúdios, quartos, suítes, home office, banho, galeria, garagem, biblioteca, home theater, bar, bistrô, para citar apenas alguns exemplos. “As necessidades dos moradores são traduzidas em projetos sofisticados, dotados de funcionalidade e irreverência”, afirma Ernesto Lolato.  Em 2012, a mostra reforça o novo momento da economia brasileira, com a inclusão de consumidores que começam a descobrir as maravilhas do mundo da arquitetura de interiores. “Hoje, praticamente todo mundo pode e quer ter uma casa decorada. Queremos atingir também este novo público e apresentar a ele o que há de mais moderno e bonito para morar e receber bem”, reforça João Grillo.

No Lounge Clube A, ambiente do jornal Estado de Minas, um dos apoiadores da Casa Cor Minas, a arquiteta Renata Basques criou um espaço que, apesar de corporativo, tem um clima receptivo e acolhedor. Os detalhes remetem às atividades realizadas pela empresa, como frisa a arquiteta. “A intenção é fazer uma homenagem aos diagramadores, artistas e ilustradores do Estado de Minas, com destaque para as obras do cartunista Quinho. Quis mostrar também quais são as atividades com as quais os jornal está envolvido, como a Festa da Música, o festival I Love Jazz, além de outros eventos culturais. A ideia é lembrar uma bela capa do Estado de Minas, valorizando uma coisa bonita que parece arte”. Materiais sóbrios, como madeiras escuras e couros, remetem à solidez do jornal, em contraposição à irreverência das obras que adornam as paredes.

Intenção da arquiteta Renata Basques no Lounge Clube A é fazer com que o assinante do Estado de Minas se sinta em casa, mostrando em quais atividades a empresa está envolvida - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Intenção da arquiteta Renata Basques no Lounge Clube A é fazer com que o assinante do Estado de Minas se sinta em casa, mostrando em quais atividades a empresa está envolvida
“Ao mesmo tempo, a proposta é que este espaço não tenha aquela frieza de um ambiente comercial, para que aqui o assinante fosse recebido como se estivesse em casa, sabendo o que o Estado de Minas oferece para ele”, ressalta Renata. No que diz respeito a novidades, a arquiteta propôs uma grande parede revestida em um material denominado ecobrick, um tijolinho sustentável, criado pela Santa Luzia Molduras, evidenciando a preocupação da profissional com os aspectos ecológicos. Ainda na linha sustentável, Renata optou pelo uso de MDF e couro ecológico, além de luminárias com lâmpadas de LED que irão compor o espaço das ilustrações. “A questão da sustentabilidade é muito idealizada, mas ninguém tem muito tempo disponível. Esse tijolo, por exemplo, respeita a natureza e foi instalado em apenas um dia, com muita praticidade. Acho que ninguém quer mais aquele ambiente totalmente montado, aquela marcenaria rígida. Na minha opinião, a tendência é simplificar, sem deixar de lado a beleza”, acrescenta.

No Loft Gourmet, a arquiteta Luciana Savassi projetou, em 64 m², um ambiente com espaços multifuncionais: estar com home theater, cozinha gourmet integrada, módulo de vinhos e adega, módulo de café, despensa com geladeira, área de serviço, quarto, closet e banheiro com jardim vertical. O espaço segue a tendência mundial de morar com conforto, priorizando bem-estar, praticidade, beleza e sofisticação com o melhor e máximo aproveitamento do local. As cores que regem o ambiente, preto e laranja, tiveram referência na moda, assim como as peças de design para a decoração, como os adornos e a madeira com aspecto rústico. “O projeto é voltado para um casal, sem distinção de faixa etária, ou um solteiro,
Luciana Savassi assina o Loft Gourmet, que prima por praticidade, bem-estar, beleza e sofisticação - Thiago Ventura/Portal Uai/D.A Press Luciana Savassi assina o Loft Gourmet, que prima por praticidade, bem-estar, beleza e sofisticação
que gosta de receber os amigos para conversar em torno da mesa enquanto cozinha, em um ambiente integrado e de multifunções. A despensa e a área de serviço podem ser fechadas por portas espelhadas e o ambiente fica livre e todo conectado. É uma concepção sofisticada, tecnológica e sustentável”, pontua Luciana.

O jardim vertical no banheiro dispensa o uso de ar condicionado, filtra a luz, o ar e cria um agradável microclima. Materiais ecológicos estão destacados no piso, na bancada, no mobiliário, e no uso de LED nos armários. A tecnologia também está presente no ambiente, que tem apoio da Todeschini, acentuada no mobiliário, no acabamento, eletrodomésticos e eletrônicos – a TV de LED fica embutida em um painel de vidro e só é vista quando necessário - e, além disso, todo o projeto será automatizado. Obras de arte da grife mineira de acessórios Mary Design, além da coleção de garrafinhas de Coca-Cola assinadas por estilistas renomados, fazem mais uma conexão com a moda. Na despensa, um antigo livro de receitas da avó da arquiteta confere memória e identidade ao espaço. “Antes, a sala de visitas era só para as visitas. Agora, todos querem explorar e aproveitar melhor o local onde vivem durante todos os momentos do dia a dia, aliando beleza à praticidade, e investindo mais nesses conceitos e nessa melhor vivência do lar. A casa está mais gostosa, mais confortável, e mais tecnológica, com diversas soluções inteligentes a custo cada vez mais acessível”, compara Luciana.

É na cozinha, tão valorizada na casa do mineiro, onde começa a homenagem da arquiteta gaúcha Estela Netto ao estado que, há dez anos, recebeu seu escritório de braços abertos. Em sua proposta para a Casa Cor deste ano, a profissional desenvolveu o charmoso Estar da Família, que remete às áreas de lazer de uma casa de campo ou fazenda. Integrado e multifuncional, o espaço conta com uma bela cozinha, um estar e uma adega, tendo como tônica essencial a mescla entre rústico e contemporâneo, como explica Estela. “A proposta é criar um espaço voltado para a família, inspirado nas características de uma casa de campo para usufruto principalmente aos finais de semana. Um local para a família estar reunida e curtir bons momentos em conjunto. Acredito que a casa do mineiro gira muito em torno da cozinha. É muito comum a pessoa ter uma linda sala de estar e não usar, sendo que todos ficam na cozinha conversando quando há convidados. A ideia do Estar da Família é integrar estes dois ambientes, a sala e a cozinha, para promover o encontro entre quem se gosta”, afirma.

No Estar da Família, de Estela Netto, um espaço para promover o encontro entre quem se ama - Joana Gontijo/Portal Uai/D.A Press No Estar da Família, de Estela Netto, um espaço para promover o encontro entre quem se ama
No ambiente, tradição alia-se à modernidade. Uma grande estante traz os eletrodomésticos embutidos, uma praticidade que está em alta. O móvel, desenhado por Estela, ainda abriga uma despensa. Um outro toque moderno no espaço é uma cuba de design inovador, que foge dos padrões básicos das cubas de cozinha. O charme do espaço fica por conta das cortinas de linho francesas, do sofá com estampa de linho e das poltronas Oscar, de Sérgio Rodrigues. Enquanto isso, as lanternas em modelo antigo de luminária transformadas em belas arandelas conversam com o suntuoso plafon italiano. Completando o projeto, uma adega de madeira climatizada para 200 garrafas, projetada em um nicho, deixa claro que na arquitetura nenhum espaço se perde.  “Entre os materiais especificados para o projeto, destacaria as fibras naturais nas almofadas e os produtos feitos a mão, como o tapete, os pórticos e a bandeja com acabamento em tecido, artesanais e exclusivos, fazendo a interface com a moda”, pontua Estela. Para integrar os ambientes, a arquiteta lançou mão de dois recursos: um piso de piso vinílico que faz alusão ao couro, e um elegante painel de mármore travertino romano Navona. Ambos se estendem pelos três espaços criando a harmonia pretendida.

Já no Home do Empresário, o arquiteto Júnior Piacesi, participante pela quinta vez do evento, idealizou dois espaços multifuncionais integrados de forma prática e versátil, como ele explica. “A ideia é fazer um ambiente residencial e corporativo, onde o morador possa trabalhar em casa, primando pelo conforto desta atividade dentro do lar. Atualmente,
Júnior Piacesi apresenta um ambiente para o homem moderno no Home do Empresário - Joana Gontijo/Portal Uai/D.A Press Júnior Piacesi apresenta um ambiente para o homem moderno no Home do Empresário
poder ter um pedaço da sua empresa em casa é uma comodidade que todo empresário quer, como nos lofts nova-iorquinos”. Júnior destaca a mesa do escritório que é movimentada e pode ser encaixada no móvel, criando um aparador de apoio para um lounge, a estante que é um divisor de ambientes, mas que pela noite pode ser acesa e compõe com o lounge, a TV que fica escondida no teto, quando desce, ela se torna uma sala de videoconferência para reuniões ou pode ser escondida, dando mais espaço para este lounge. Incluindo o quarto e o closet conectados com o escritório, o espaço tem inspiração no pintor holandês Piet Mondrian, que na virada do século 20 fez parte do movimento artísitico neoplástico, relacionado à arte abstrata usando quadrados, retângulos e cores primárias, juntamente com preto e branco. “Considero que o que está em alta atualmente é conforto e tecnologia. Acho que este é o caminho do momento e também para o futuro da arquitetura”, complementa o arquiteto.

Em Minas Gerais, já foram realizadas 17 edições de Casa Cor. Os melhores profissionais do estado participaram da montagem de 80 mil metros quadrados de evento, distribuídos em quase 900 ambientes. “Casa Cor é a demonstração anual da criatividade e competência desses profissionais, que atrai um público crescente e cada vez mais focado, alavancando de forma espetacular o mercado de decoração, arquitetura de interiores e paisagismo”, afirma João Grillo. Os dois últimos dias do evento, 15 e 16 de outubro, serão dedicados ao Special Sale, período em que o público poderá adquirir objetos, produtos e móveis expostos com descontos de até 70%. “A Casa Cor já faz parte do calendário do mineiro, por isso, queremos que ele se sinta em casa e se identifique com o que encontrar por lá”, finaliza Ernesto Lolato.

CASA COR MINAS GERAIS. De 1º de setembro a 16 de outubro. SPECIAL SALE em 15 e 16 de outubro. Cobertura do Boulevard Shopping (Rua Otaviano de Almeida, s/nº, Santa Efigênia). De quarta a sexta, das 16h às 22h; sábado das 13h às 22h; e domingo das 13h às 20h. Ingressos a R$ 40 (idosos e estudantes pagam meia). Informações no site www.casacorminas.com.br ou pelo telefone (31) 3286-4587.

Tags: decoração,

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Denver - 29 de Agosto às 12:31
O ingresso é bastante seletivo. 40 reais é salgado o_O

Últimas Notícias

ver todas
21 de julho de 2019
08 de julho de 2019

No Lugar Certo você encontra o que procura