Antídoto para moradores briguentos

Manta acústica é solução para barrar barulhos indesejados de vizinhos

Produto ecológico, fabricado com borrachas, já é obrigatório em edifícios residenciais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 18/12/2014 15:08 / atualizado em 18/12/2014 15:14 Silas Scalioni /Estado de Minas
O engenheiro Andre Modenesi, da Artes Construtora, explica que, devido às características da borracha, as mantas não perdem a espessura com o passar do tempo - Moisés Teixeira/Divulgação O engenheiro Andre Modenesi, da Artes Construtora, explica que, devido às características da borracha, as mantas não perdem a espessura com o passar do tempo
Não é raro brigas entre vizinhos devido a barulhos no piso produzidos pelo apartamento no andar logo acima. Quem se incomoda com qualquer tipo de ruído, um pisar mais forte com o salto do sapato, um pulo de criança ou uma corridinha para entrar em casa, é um martírio respondido prontamente com algumas vassouradas no teto. Disso para agressões verbais e até físicas é um pulo. Criada para absorver os impactos causados no piso e evitar que a vibração passe para o apartamento de baixo, a manta acústica é o material ideal para proporcionar mais tranquilidade aos moradores de um edifício. Chamado de contrapiso flutuante, o sistema tem o efeito mola – constituído por laje, manta e contrapiso –, que pode evitar muitas reclamações entre os vizinhos.

No ano passado, entrou em vigor a Norma de Desempenho NBR-15.547, publicada pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT), que institui níveis de desempenho mínimos para os elementos principais de qualquer edificação habitacional, o que inclui a questão das vibrações do piso. A empresa Artes Construtora, antecipando-se ao prazo para aplicação da norma (que passa agora a ser exigida para a obtenção do habite-se), já usou a manta acústica no Edifício San Diego, recém-construído no Bairro Gutierrez, Região Oeste de Belo Horizonte, e já prepara a instalação no Edifício San Carlo, no Bairro Santo Antônio, Região Centro-Sul. André Modenesi, engenheiro civil da Artes Construtora, explica que a empreiteira passou a usar o material mesmo antes de ser uma obrigatoriedade por ser a sua aplicação uma ação diferencial que traz benefício e facilidade ao morador. “E, sempre que possível, procuramos adotar ações que contribuam para um desenvolvimento mais sustentável do ramo da construção civil, e a manta acústica é feita a partir de pneus recicláveis”, informa.

Segundo ele, o material é triturado e transformado em grânulos, que são selecionados, lavados e transformados em uma borracha totalmente ecológica. A manta acústica é, então, estendida sobre a laje para, posteriormente, ser aplicada a camada de contrapiso. Ou seja, ela se posiciona entre o contrapiso e a laje. “Devido às características da borracha, as mantas não perdem a espessura com o passar do tempo, evitando substituições e reformas futuras.”

TECNOLOGIAS

André Foschini, gerente comercial da Aubicon, empresa paulista fornecedora do material, lembra que a Norma de Desempenho NBR-15.547 foi criada para melhorar a qualidade das construções, a segurança e o conforto dos moradores. “Há estudos mostrando que o ruído excessivo e diário provoca estresse, distúrbios de sono, entre outras doenças, além de ser a principal causa de brigas entre vizinhos”, diz. Segundo ele, esse sistema de contrapiso flutuante é usado no exterior há mais de 30 anos e, com a adoção aqui, o Brasil dá mais um passo para estar alinhado com as melhores tecnologias usadas no mundo. “Trata-se de uma tecnologia que, se implantada na fase do projeto, é possível diminuir o peso total das lajes e ainda proporcionar conforto acústico, não aumentando o valor construtivo.”

Tags: barulho

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
rafael - 19 de Dezembro às 07:18
Alguem pode me informar se a MRV e a Tenda tambem estao utilizando manta no piso ? kakakakakak

Últimas Notícias

ver todas
14 de agosto de 2018
13 de agosto de 2018