Especial DMAIS Design BH 2015 - Festival terá QG para troca de experiências na Casa Bernardi

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/09/2015 00:12 / atualizado em 11/09/2015 16:10 Ludymilla Sá /Estado de Minas
As arquitetas Renata da Matta e Luísa Garcia utilizam referências urbanas para compor os espaços do QG - Priscila Bartolomeu/Divulgação As arquitetas Renata da Matta e Luísa Garcia utilizam referências urbanas para compor os espaços do QG


A segunda edição do DMAIS Design vai oferecer aos participantes um espaço de apoio e de troca de experiências. O Quartel General do evento vai funcionar na Casa Bernardi (Rua Conde de Linhares, 308, Cidade Jardim) e vai oferecer ao público, do dia 21 ao 29, ciclo de palestras, além de uma exposição de móveis desenvolvidos por designers mineiros. “Quando idealizei o formato do DMAIS, já tinha em mente a ideia de que Belo Horizonte não precisava de mais uma mostra, uma feira ou um evento fechado, mas de algo que pudesse disseminar a cultura do design da forma mais plural, aberta e convidativa possível”, resume o produtor Renato Tomasi.

Todos os espaços do QG terão assinatura de arquitetos do estado. Lá, funcionará um café e um lounge de convivência que terão a assinatura dos jovens arquitetos Manuela Lobato e Fernando César Rosário. “Optamos pelo urbano-chique, juntamos a arte de rua com elegância. Afinal, a ideia do DMAIS é quebrar conceitos, mexer com Belo Horizonte, fazer com que esta cidade desperte para a contemporaneidade”, explica Manuela.

Amigos de faculdade, eles são revelações do design de Minas e prometem surpreender. “Estamos usando a cor principal do DMAIS, que é o rosa. Haverá cubos dessa cor na recepção, além de vários tapetes assinados por artistas participantes do evento nos pisos e paredes dos ambientes”, acrescenta Fernando.

As áreas onde ocorrerão o ciclo de palestras e a exposição terão cenografia da Fósforo, sob o comando das arquitetas Renata da Matta e Luísa Garcia. “Elas também utilizam referências urbanas para compor os espaços”, conta Tomasi.

Entre os palestrantes, destaca-se o antiquário Arnaldo Danemberg. Ela vai contar um pouco de sua experiência na Europa, falar sobre móveis históricos e restauração de antiquariado. “Minhas pesquisas têm 34 anos de antiquariado. Evoluíram do brasileiro para o luso-brasileiro. E nada melhor que um festival como o DMAIS para trocar essa experiência.”

Além de toda a programação, o espaço DMAIS Design receberá uma edição da descolada feira Rosenbaum, organizada pelo casal Cristiane e Marcelo Rosenbaum, que seleciona, por todo o país, produtos desenvolvidos, em sua maioria, por designers independentes e novos talentos.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
24 de maio de 2018
29 de abril de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura