Especial DMAIS Design BH 2015 - Festival chega à segunda edição com caráter inovador

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/09/2015 00:11 / atualizado em 11/09/2015 14:10 Estado de Minas
Os arquitetos e designers Juliana Vasconcellos e Matheus Barreto estão produzindo ações para o evento - Os arquitetos e designers Juliana Vasconcellos e Matheus Barreto estão produzindo ações para o evento

Muita movimentação para a segunda edição do DMAIS Design. Fugindo do conceito de mostras e feiras, o DMAIS se caracteriza por ser um festival urbano, um movimento de design. Entre os dias 19 e 26 de setembro, mais de 60 locais em Belo Horizonte vão apresentar mais de 100 eventos simultâneos, como palestras, mostras, exposições, oficinas, workshops, lançamentos de móveis, happy hours, entre outros. A maioria dos eventos é aberta ao público e com entrada gratuita.

Segundo Renato Tomasi, idealizador do evento, a segunda edição cresceu muito em relação ao ano passado. “Acredito que o caráter inovador, o poder da coletividade e a criação do calendário para as manifestações de design em Minas Gerais tenham contribuído para o desenvolvimento do festival. O DMAIS impacta não só o público da área, como arquitetos, designers de interiores, mas também os leigos no assunto. A ideia é democratizar o acesso, e para isso, o festival oferece eventos dentro de shoppings e lojas de design, em formato de exposições, o que proporciona uma interação maior com o público em geral”, diz Tomasi.

Os sócios arquitetos e designers Juliana Vasconcellos e Matheus Barreto estão produzindo ações para o DMAIS Design. Uma delas é a palestra “Mogno-africano no design”, que vai abordar o uso da madeira na confecção de móveis, além de expor o trabalho na Casa Bernardi e criar uma peça em parceria com a Cerâmica Portobello. “Acredito que o festival vá movimentar o mercado mineiro. Esta edição do DMAIS Design está mais estruturada, mais participativa e bem interessante. Com certeza, vai dar visibilidade para os trabalhos mineiros”, diz Vasconcellos.

Outro participante é o arquiteto Carlos Alexandre Dumont, da Carico Arquitetura, que ministrará a palestra sobre detalhes para a arquitetura de interiores, voltada para aqueles que tenham interesse por o que está no entorno, ou seja, o detalhamento do interior do imóvel, pensando em toda a importância do mobiliário. Para Carico, na primeira edição, já houve uma grande receptividade, e este ano ele espera que seja ainda maior. “As empresas, antes em dúvida, viram que existe um movimento de design em Belo Horizonte e que todos querem participar de alguma forma. O DMAIS tornou acessível o tema. Antes, as pessoas tinham que ir até São Paulo ou ver um móvel apenas pela revista. Com o festival, cada um tem a oportunidade de mostrar um conceito e uma criação para o público e, ainda, conversar sobre o assunto com eles”, ressalta Carico.

Para Tomasi, a expetativa para este ano são as melhores possíveis. Segundo ele, Belo Horizonte tem um perfil propício para o sucesso do festival, pois está avançada na economia criativa e os profissionais da área já estão bem interessados. “É um festival que tem na programação palestrantes com reconhecimento nacional, sendo três deles daqui de Minas, o que vai gerar um intercâmbio de conhecimento muito grande e colocar Belo Horizonte no cenário nacional do design. O DMAIS Design, sem dúvida, vai juntar criatividade e produtividade em um único evento”, conclui o organizador.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
19 de julho de 2018
15 de julho de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura