INOVAÇÃO E SUSTENTABILIDADE

Novo Vale do Sereno: projeto imobiliário prevê revitalização de bairro

Proposta para bairro em Nova Lima, ancorada nos conceitos do Novo Urbanismo e Urbanismo Sustentável, é pioneira em Minas Gerais

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 16/07/2022 09:42 / atualizado em 16/07/2022 10:01 Estado de Minas
Muito antes das mudanças impostas pela pandemia, o Vale do Sereno já reunia as condições essenciais para o que se convencionou chamar de um Muito antes das mudanças impostas pela pandemia, o Vale do Sereno já reunia as condições essenciais para o que se convencionou chamar de um "novo normal"

Qualidade de vida, praticidade, comodidade, segurança, lazer, ruas acalmadas, maior contato com a natureza e uma vasta rede de serviços. Ancorado nos preceitos do Novo Urbanismo e do Urbanismo Sustentável, projeto do mercado imobiliário pioneiro em Minas Gerais chega ao Vale do Sereno, em Nova Lima, na Grande BH. O empreendimento repensa sobre o tipo de cidade que se deseja para viver, de forma inovadora, criativa e além dos padrões convencionais.

O projeto tem a chancela do escritório de André Ayres, responsável pela idealização e urbanismo, e conta com composições arquitetônicas dos espaços públicos assinadas pelo arquiteto Gustavo Penna. A realização é do consórcio Vale do Sereno Empreendimentos, com a gestão supervisionada pela Associação das Residências e Condomínios do Vale do Sereno (ARCVS).

As intervenções no bairro serão realizadas de maneira pontual. Em um conceito mais atual, é o que alguns especialistas costumam chamar de "acupuntura urbana" - entre os objetivos principais, tornar o bairro mais "caminhável", com calçadas generosas, permitindo que os moradores tenham acesso a tudo o que o precisam com um deslocamento a pé de até 15 minutos.

Para tanto, serão criadas travessas entre as ruas e calçadões com fachadas ativas (com comércio funcionando) na rua das Acácias e nas quadras centrais, nas proximidades da Igreja Bom Jesus do Vale. Um circuito de trilhas ecológicas no entorno do bairro será um convite para sair de casa e se exercitar, em conexão com a natureza.

O bairro abrigará ainda uma espécie de museu a céu aberto, com obras de artistas plásticos espalhadas por vários locais e, entre as presenças já confirmadas, o Instituto Amílcar de Castro. É esperado que, com um número maior de pessoas circulando, um sistema de vigilância coletiva se forme pelo simples fato de ter mais movimento nas ruas, pois, na prática, ter mais gente nas ruas significa mais segurança e maior interação entre os moradores.

O CONCEITO

Muito antes das mudanças impostas pela pandemia, o Vale do Sereno já reunia as condições essenciais para o que se convencionou chamar de um "novo normal". A tranquilidade, a segurança e o contato permanente com a natureza, somados à facilidade de acesso, contribuíram para amenizar os impactos da crise sanitária e do isolamento social. A rede de serviços e comércio na região que circunda o Vale do Sereno evidencia o conceito de centralidade urbana, ponto determinante para a manutenção da qualidade de vida dos moradores do bairro.

Integração com a natureza é um dos pilares do projeto  - Divulgação Integração com a natureza é um dos pilares do projeto

E foi justamente em meio à pandemia que o olhar acerca da convivência harmoniosa entre o homem e a natureza, uma das lições aprendidas com o isolamento, levou o engenheiro, arquiteto e designer urbano, André Pessoa Ayres, à concepção do projeto de revitalização para o local. Foi em um de seus passeios pela mata e trilhas e pelos momentos de contemplação da paisagem do Vale Sereno que André percebeu a vocação do bairro em expressar conceitos modernos de urbanismo, com alto potencial de aliar cidade e natureza.

Com a visão de transformar a cidade em um lugar melhor para se viver, o projeto tem como centro as pessoas, e propõe a criação de espaços públicos de convivência e muitas gentilezas urbanas. A intenção é aproximar os moradores uns dos outros, e das belezas naturais que margeiam a região, além da possibilidade de promover encontros culturais e artísticos.

À proposta do Novo Urbanismo se une a bandeira do Urbanismo Sustentável, que busca promover bem estar e qualidade de vida aos habitantes de um determinado lugar. A ideia é resgatar a centralidade, proporcionando aos moradores a condição de morar, trabalhar, estudar e se divertir em um mesmo lugar, além da concepção de um bairro onde as pessoas são protagonistas para a transformação de um mundo mais sustentável.

Entre a sustentação da proposta, estão ainda as práticas de ESG - sigla em inglês que se refere a boas práticas ambientais, sociais e de boa governança - e de Place Branding, que identifica e potencializa a vocação de uma cidade ou de um lugar, para torná-lo mais conhecido e desejado. "A vocação e a marca Vale do Sereno estão intimamente ligadas à qualidade de vida. Associados, a ótima localização, o empreendimento imobiliário de alto padrão, o vasto leque de comércio e serviços e a natureza exuberante ao redor, integram o conceito-chave de centralidade urbana que, por sua vez, se junta à experiência de poder potencializar o convívio social entre os moradores do bairro", contextualiza André Ayres.

NO TIME

Empresas como Agmar, Caparaó, Conartes, EPO, Getta, KATZ, MMatos, PHV, Terrazas, Sudoeste, Vizcaya, e outras, estão aderindo ao projeto de requalificação do Vale do Sereno. Cabe às construtoras financiar a criação dos espaços públicos e de lazer, cuidando das áreas protegidas de matas, nascentes e cursos d 'água, de forma a torná-las mais um ativo para a região.

As obras de revitalização, com início ainda em 2022, devem durar dois anos. A ideia é que, a partir de 2024, os moradores já possam usufruir de ruas mais vivas, travessas que vão interligar essas ruas, novas praças e locais de diversão para crianças, obras de arte espalhadas por calçadões, um anfiteatro ao ar livre e uma nova igreja.

Tudo ladeado por trilhas ecológicas que vão ao encontro de cursos d'àgua, nascentes, cascatas e áreas de preservação permanente, com sinalização de totens para orientar os caminhantes e estimular o espírito de conservação do bioma natural.

Tags: mercado imobiliário Vale do Sereno projeto de revitalização

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
07 de agosto de 2022
16 de julho de 2022

No Lugar Certo você encontra o que procura