Comentários
600
Tendência

Jardim por um fio: inspire-se e aprenda a montar sua própria Kokedama

A Kokedama é uma técnica japonesa que conquistou os paisagistas e decoradores por levar o verde para dentro dos ambientes, de forma leve e delicada

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 06/05/2022 13:00 / atualizado em 06/05/2022 14:49


A Kokedama é um jeito novo de trazer o verde para dentro dos ambientes, de forma leve e delicada. - Zeca Wittner/Estadão A Kokedama é um jeito novo de trazer o verde para dentro dos ambientes, de forma leve e delicada.

 
Se você navegou nos últimos tempos pelo Pinterest, perfis de Paisagistas e Floriculturas, ou visitou alguma mostra de Arquitetura, com certeza sabe do que vamos falar no texto de hoje: Kokedamas!
 
A Kokedama é uma técnica japonesa, considerada por lá como uma forma de arte. A Kokedama é um jeito novo de trazer o verde para dentro dos ambientes, de forma leve e delicada, essas bolas de solo cobertas por musgos vêm invadindo diversos espaços e conquistando a todos, desde os mais cuidadosos, até os mais desatentos. Isso porque além de lindas, elas necessitam de pouquíssimos cuidados. 
 
Vem com a gente que vamos te ensinar a fazer a sua própria Kokedama!

Qual espécie utilizar para montar uma Kokedama?


O primeiro passo para se fazer uma Kokedama é a escolha da espécie. Sem restrições, você pode escolher qualquer tamanho ou espécie. O único cuidado que devemos ter ao escolher a espécie é se atentar ao ambiente e sua luminosidade. A utilização de plantas adequadas ao seu espaço possibilitará que elas se desenvolvam bem e fiquem cada dia mais saudáveis e vistosas.
  
A técnica pode ser aplicada em diversas plantas. E é aí que entra a sua criatividade! Olha que exemplo fantástico: uma mostra de arquitetura da Casa Cor SP expôs uma enorme e linda kokedama de Jabuticabeira!
 
As espécies mais comumente utilizadas em Kokedamas são Samambaias, Marantas, Cactos, Suculentas, Orquídeas e Filodendros.

A técnica: confira o passo a passo

Abaixo apresentamos um passo a passo ensinando a técnica para fazer essas belezuras. É muito simples e uma ótima terapia: 
 
  1. misture a terra adubada, areia e água até criar uma mistura consistente. Faça uma bola do tamanho da palma da mão.
  2. retire a planta do vaso e elimine a terra ao redor do vaso.
  3. envolva delicadamente a raiz na bola de argila.
  4. cubra toda a superfície com musgo um pouco úmido.
  5. passe o barbante ao redor até cobrir tudo. Amarre 3 fios para fazer a alça.
Pronto. Muito fácil, não é? 
 
Kokedamas de ervas (lavanda, melissa e alecrim) feitas pela Débora Morato da Sabor de Fazenda - Débora Morato Kokedamas de ervas (lavanda, melissa e alecrim) feitas pela Débora Morato da Sabor de Fazenda

Rega: aprenda a regar a sua Kokedama

Uma curiosidade sobre essas esferas é a forma como é feita a rega. Primeiramente é importante se atentar sobre a demanda de água da espécie escolhida: se foi uma espécie como cacto ou suculenta, o interessante é borrifar água em pequenas quantidades, uma vez a cada 5 dias. 
  
Mas se a planta que escolheu precisa de uma quantidade maior de água, o ideal é fazer a imersão das esferas dentro de um recipiente cheio de água por pelo menos 5 minutos.
 
Esse processo de imersão deve feito a cada 5 dias, tempo necessário para que a maioria das plantas de ambientes internos necessitam de água novamente. 
 

Agora é com você! Use e abuse de sua criatividade. Escolha uma planta bem bonita e capriche em sua primeira Kokedama. Depois teste espécies e tamanhos variados. Com o tempo e prática, elas vão ficar cada vez mais bonitas e fáceis de fazer. Além de uma excelente terapia, pode ser também uma opção de fonte de renda. 
 
Se você gostou dessas dicas continue acompanhando o portal Lugar Certo e acesse mais conteúdos relacionados à jardinagem, 
 
Nathalia Cavalcante - Nathalia Cavalcante
 

Outros Artigos

ver todas
17 de junho de 2022
03 de junho de 2022
19 de maio de 2022
06 de maio de 2022