Buritis, em BH, atrai moradores jovens

Solteiros e casais que estão comprando o primeiro imóvel se encantam pelo bairro em função dos preços mais "convidativos" para aluguel e venda

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 24/12/2014 07:00 / atualizado em 22/01/2015 18:13 Marcus Celestino /Estado de Minas

Imóveis residenciais no Buritis têm o preço do metro quadrado variando de R$ 3,5 mil a R$ 7 mil - Cristina Horta/EM/D.A Press - 11/8/14 Imóveis residenciais no Buritis têm o preço do metro quadrado variando de R$ 3,5 mil a R$ 7 mil
Muitos detratores o consideram “fora do eixo”. No entanto, quem mora no Buritis, na Região Sul de Belo Horizonte, tem muito pouco a reclamar. Ele pode carregar a pecha de ser um bairro em franca expansão desordenada, mas, quando você o conhece, a percepção é outra. Dotado de um leque generoso de estabelecimentos comerciais, instituições de ensino, áreas de lazer e constituído por prédios residenciais mais novos que os encontrados em áreas mais tradicionais, o Buritis é ideal para jovens (solteiros ou casados) que estão iniciando uma nova vida.

Com o metro quadrado variando entre R$ 3,5 mil (para as construções mais antigas) e R$ 7 mil (para os empreendimentos de padrão elevado), o Buritis é um bairro de alta densidade muito procurado exatamente por oferecer apartamentos com aluguel e valor de venda mais “em conta” que os de regiões mais centrais, como Lourdes e Funcionários. Porém, não se engane. Apesar da predominância da classe B, muitos no topo da pirâmide de estratificação social estão dentro do prisma de moradores. Ademais, muitos universitários migram para a região por cursarem faculdade em alguma das instituições particulares localizadas na principal via do bairro, a Avenida Professor Mário Werneck. Entretanto, uma fonte que optou por não se identificar revelou que o número de prédios que aceitam os estudantes e suas repúblicas é cada vez menor na região. Tal medida ocorre a fim de “evitar a baderna” e também para tentar estabelecer o Buritis como um bairro voltado majoritariamente para os já citados casais ou solteiros jovens já numa caminhada profissional.


“A clientela do Buritis é diferente da que vemos no Lourdes, por exemplo. São pessoas mais novas, na faixa dos 25 aos 40 anos, casados ou solteiros, que estão em busca de seu primeiro imóvel”, destaca Frederico Padovani, diretor da Câmara do Mercado Imobiliário de Minas Gerais (CMI/Secovi-MG). Não obstante, clientes mais velhos também procuram o bairro com o intuito de usufruir da extensa gama de empreendimentos de cunho comercial. “A estrutura de comércio é muito bem desenvolvida, com lojas de varejo, shopping, restaurantes e bares”, comenta Padovani. “Todas as atividades comerciais se encontram dentro do bairro. É uma cidade completa”, acrescenta Marcelo Carvalho, gerente de vendas do Grupo EPO.

ACESSO

Um dos maiores motivos de objeção quanto a residir no Buritis é a questão do acesso. As principais vias que ligam o bairro ao restante são as avenidas Raja Gabaglia, Barão de Homem de Melo e o Anel Rodoviário. Contudo, como quaisquer energias positivas se direcionam para os otimistas e todos os caminhos levam – em tese – a Roma, tudo no Buritis acaba convergindo para a Mário Werneck. O logradouro sofre com o constante fluxo de veículos e também com os automóveis estacionados irregularmente em vários trechos – fator que contribui negativamente no andamento do tráfego.

Principal via do bairro, a Avenida Professor Mário Werneck tem infraestrutura comercial completa - Paulo Filgueiras/EM/D.A Press - 23/5/14 Principal via do bairro, a Avenida Professor Mário Werneck tem infraestrutura comercial completa
“Temos ainda alguns problemas de acesso ao bairro, mas esse cenário está se modificando”, afirma o diretor da CMI/Secovi-MG. Vale frisar que mudanças implementadas nos últimos dois anos no trânsito auxiliaram a combater os vis e temíveis engarrafamentos. Todavia, nas horas de grande movimento, a tormenta continua, mas tal acontecimento é corriqueiro em quase todas as regiões de Belo Horizonte e arredores. Como a maior parte dos moradores do Buritis trabalha fora dos seus domínios, a tendência é que imigração para outros locais no período matutino e a migração para casa no vespertino prejudiquem em demasia o fluxo de veículos.

MISTURA QUE FUNCIONA

Os apaixonados casais, os jovens solteiros e os desquitados que vivem de forma corrida têm algo em comum: querem praticidade. O principal predicado do Buritis é exatamente esse. Por isso, construtoras dão mais enfoque aos prédios mistos: residenciais, porém dotados de salas comerciais.

 


Um empreendimento que alia com maestria a praticidade e o conforto tão almejados pelos que anseiam por morar no Buritis, por exemplo, é o Edifício Alto Buritis. Localizado próximo à deslumbrante serra que se mistura com os arranha-céus, o prédio já tornou-se referência antes mesmo de seu debute. “É (uma edificação) residencial e tem também um pouco de comércio para atender aos moradores. Acabamos de receber um prêmio pelo projeto, inovador pela sua arquitetura e proposta”, afirma o gerente do Grupo EPO.

Novo Chalezinho na Mário Werneck: vida noturna no bairro é intensa - Beto Magalhães/EM/D.A Press - 9/7/12 Novo Chalezinho na Mário Werneck: vida noturna no bairro é intensa
Esse mix efetivo faz com que o Buritis seja um bairro muitíssimo procurado e, mais, uma área que fideliza a clientela. "Posso afirmar que 70% dos meus clientes que já são moradores do bairro e querem se mudar para outro imóvel sequer cogitam sair das proximidades", comenta Padovani, que, além de diretor da CMI/Secovi-MG, é proprietário da VPR imóveis, que atua fortemente na área. Em suma, se você dispara impropérios contra o Buritis sem dar ao menos uma chance a ele, mude rapidamente os seus conceitos.

MORANDO NO BURITIS

Marina Stroppa, universitária

“Apesar das dificuldades de acesso, principalmente de manhã e no fim da tarde, o Buritis oferece para mim e para a minha família inúmeras opções comerciais, o que torna tudo mais cômodo. Temos farmácias, supermercados e outras lojas bem pertinho de casa. Apesar de estar ficando um pouco perigoso, ainda não me preocupo com a criminalidade no bairro e o acho bem tranquilo, sem contar que é muito bonito.”

Luis Salgado, universitário

“Simplesmente, adoro o Buritis. É um bairro nobre, você encontra tudo o que procura, tem bons bares, churrascarias, fica perto do BH Shopping e também de uma boate fantástica para quem quer aproveitar a vida noturna como eu. Pode não ser o bairro mais seguro da cidade e o trânsito tende a ficar insustentável nos horários de pico, mas, mesmo assim, é um dos meus bairros favoritos em Belo Horizonte.”

Tags: aluguel

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
Lucio - 24 de Dezembro às 11:12
buritis = dificil acesso. difícil mobilidade. e o pior: INSEGURANÇA.

Últimas Notícias

ver todas
16 de agosto de 2018
14 de agosto de 2018