Bairros de BH

Barroca é excelente opção para quem deseja morar próximo ao Centro, sem perder a qualidade de vida

Tradicional na Região Oeste de Belo Horizonte, Barroca é formado por 19 quadras e abriga importantes vias de circulação da região

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 26/12/2015 19:28 / atualizado em 28/12/2015 13:07 Gustavo Perucci /Estado de Minas
Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press
Mesmo sendo um dos bairros mais tradicionais e conhecidos da Região Oeste de Belo Horizonte, sua real localização e tamanho não são tão claros para boa parcela da população. Vizinhos mais famosos como o Gutierrez e Grajaú ficam um pouco mais extensos ao ‘pegarem emprestado’ alguns quarteirões dele. Você já ouviu falar no Barroca? Provavelmente, sim! Agora tente pensar onde ele fica.

Realmente, é difícil precisar sua exata localização. Ele é pequeno e quase que exclusivamente residencial. Para se ter ideia, apenas 19 quadras formam toda a sua extensão. Ainda assim, tem tanta fama que batiza um shopping no Prado e um tradicional clube no Gutierrez. O bairro fica entre a Avenida Amazonas e as Ruas General Andrade Neves, Canaã e Japão. Além das duas primeiras, abriga importantes vias de circulação da região, como as ruas Catete e Campos Elísios.

Na época da construção da nova capital do estado, a área abrigava pequenas chácaras e fazendas. Com o adensamento populacional de Belo Horizonte, as famílias mais simples saíram de regiões consideradas nobres e começaram a ocupar o bairro. A história do Barroca está diretamente ligada à classe operária que ajudou a construir a cidade, assim como a maioria de seus vizinhos. Em cerca de 40 anos, a região, batizada pelo barro avermelhado encontrado em seus barrancos, foi adquirindo a cara de hoje. A ampliação da Avenida Amazonas, na década de 1930, ajudou a impulsionar seu crescimento.

Pequeno e bem localizado, o Barroca é excelente opção para quem deseja morar próximo ao Centro, sem perder a qualidade de vida. Além de ser margeado por uma das principais avenidas da cidade, vias de ligação com várias outas regiões de Belo Horizonte são facilmente acessadas sem necessidade de enfrentar congestionamentos pesados. Por dentro do Gutierrez, por exemplo, chega-se à Raja Gabáglia e Avenida do Contorno. Pelo Alto Barroca, à Silva Lobo e Barão Homem de Melo.

Toda a infraestrutura que falta ao bairro é facilmente encontrada em seus vizinhos. Quer caminhar? A poucos quarteirões, no Grajaú, está a Avenida Silva Lobo com sua movimentada pista de cooper, que, aos sábados, recebe uma simpática feira de rua. Compras? Supermercados estão a poucos minutos de carro. Alguns comércios locais, como padarias, loterias, açougues, hortifrútis, entre outros, ajudam os moradores a evitar deslocamentos. A maioria dos pontos de compras estão concentrados na Avenida Amazonas e vias com maior movimento, como a Campos Elísios e a General Andrade Neves.

SEGURANÇA “É um bairro muito agradável, tradicional. Além dos prédios mais antigos, os novos empreendimentos estão tomando o lugar das casas. Para se ter uma ideia, os preços vão de R$ 250 mil, para um apartamento mais velho, sem vaga, para R$ 1 milhão para os lançamentos. A localização é muito boa, assim como a segurança”, destaca Sandra Marques, gerente de vendas da imobiliária Exclusiva Imóveis BH.

Rua Campos Elísios é cheia de comércio e um dos principais corredores do bairro - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press Rua Campos Elísios é cheia de comércio e um dos principais corredores do bairro
Ela afirma que uma das principais vantagens do Barroca é a localização, característica compartilhada com vizinhos como o Prado e o Gutierrez. O diferencial fica no preço, mais acessível. “Os novos empreendimentos têm um padrão de acabamento melhor que os mais antigos. Eles seguem a característica dos prédios do bairro de não serem muito altos, com cinco andares, no máximo. Mas costumam ter elevador.”

O que o Barroca tem a oferecer: é uma vizinhança com a famosa 'cara de bairro'. Pouco movimento, vizinhos que se cumprimentam nas ruas, ambiente familiar, muitas casas e prédios pequenos. Com vantagens como sua variada oferta de linhas de ônibus, tranquilidade, ruas arborizadas e um clima de interior.

Grande parte dos imóveis disponíveis são apartamentos antigos, de edifícios com 20 a 40 anos de idade. São construções simples, mas espaçosas. A maioria conta com uma vaga de garagem. Novos empreendimentos são poucos, muito por causa de valorização da área e a pouca disponibilidade de lotes desocupados. O grande volume de casas, porém, e a proximidade ao Centro e Região Centro-Sul, abrem a possibilidade de novos investimentos na região. “Em relação aos outros bairros da região, é um dos que mais tem casas preservadas. A maioria com lotes de 360 metros quadrados”, completa Sandra Marques.

Ele também é margeado pelo Alto Barroca e Grajaú. Seu principal ponto de referência é o Primeiro Comando Operacional do Corpo de Bombeiros Militar de Minas Gerais.

IRMÃO MENOS FAMOSO Se o Barroca 'empresta' parte de sua área a alguns de seus vizinhos, ele também faz o mesmo com o Alto Barroca. Irmão menos famoso, o bairro ocupa parte mais acidentada da região e conta com infraestrutura mais robusta, com mais opções de comércio e serviços. Boa parte de suas referências são atribuídas ao Barroca ou ao Grajaú, como a Paróquia Santa Terezinha do Menino Jesus da Santa Face.

Quem passa pela Rua Santa Cruz pode perceber o quanto o Barroca é residencial e tranquilo - Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press Quem passa pela Rua Santa Cruz pode perceber o quanto o Barroca é residencial e tranquilo


RAIO-X

LOCALIZAÇÃO
»  Região Oeste

ORIGEM DO BAIRRO
»  Batizado pelo tipo de solo predominante na região, o Barroca fazia parte de uma área repleta de pequenas propriedades rurais,  como chácaras e fazendas, que produziam alimentos para abastecer a nova capital do estado.

PRINCIPAIS VIAS
»  Avenida Amazonas
»  Rua Catete
»  Rua Campos Elísios
»  Rua General Andrade Neves

PRINCIPAIS REFERÊNCIAS
»  Primeiro Comando Operacional do Corpo
de Bombeiros Militar
de Minas Gerais

PRINCIPAIS LINHAS DE ÔNIBUS
»  1145 (Bairro das Industrias)
»  1404A (Palmeiras/
Alípio de Melo)
»  1404B (Estrela do Oriente/Jardim Inconfidência)
»  1404C (Palmeiras/São Salvador)
»  1502 (Vista Alegre/Guarani)
»  1505 (Alto dos Pinheiros/Tupi)
»  1509 (Califórnia/Tupi)
»  1510 (Madre Gertrudes/Providência)
»  2033 (Betânia/Centro)
»  2034 (Conjunto Betânia/Centro)
»  2104 (Nova Gameleira/
BH Shopping)
»  3029 (Regina/Centro)
»  3054 (Milionários/Centro)
»  4201 (Alto Caiçara/
Nova Cintra)
»  5401 (São Luís/Dom Cabral)
»  8205 (Maria Goretti/Nova Granada – via Ato Barroca)
»  9201 (Baleia/Nova Granada)
»  9202 (Pompeia/Jardim América)
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600

Últimas Notícias

ver todas
15 de outubro de 2018
14 de outubro de 2018

No Lugar Certo você encontra o que procura