Comentários
600
Jardinagem

Jardim vertical: saiba como fazer e quais cuidados as plantas devem receber

O jardim suspenso virou moda e ganhou o coração de todos. Os paisagistas estão transformando os mais diversos ambientes através dessa técnica inovadora.

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 19/05/2022 13:00 / atualizado em 24/05/2022 13:08



Projeto Paisagístico executado pelo escritório Estúdio Paisagismo - Osvaldo Castro Projeto Paisagístico executado pelo escritório Estúdio Paisagismo
 
 
A prática de fazer jardins nas paredes vêm ganhando cada vez mais espaço nos projetos residenciais, comerciais e urbanos. Nos aproximar do verde através dos Jardins Verticais é uma realidade encantadora. 
 
Além de lindos e diversificados, promovem o bem estar, servem como barreira acústica, maximizam espaços e garantem uma sofisticação ímpar para os ambientes.
 

Como fazer?

Há várias formas de fazer um Jardim Suspenso. 
 
O primeiro passo é decidir qual parede é ideal, levando em consideração a iluminação e ventilação, que são fatores fundamentais para a escolha das espécies das plantas.
 
A parte estrutural pode ser feita com blocos estruturais próprios, treliça de metal ou estrutura modular de plástico. Converse com o seu paisagista e escolha a melhor alternativa. 
 
Normalmente a opção mais usada é a treliça de metal. Para isso, a parede que receberá essa estrutura precisa ser impermeabilizada para evitar a proliferação de fungos e possíveis infiltrações devido à umidade constante. Sempre aconselhamos nossos clientes a usarem tinta impermeabilizante na cor preta para camuflar a parede e dar destaque às folhagens.
 
Agora é a hora de fixar a estrutura. O ideal é que ela não esteja colada na parede, fazemos sempre um respiro de pelo menos 10 cm. 
 
Com o projeto em mãos é hora de pendurar os vasos nas disposições pensadas e voilà, está pronto o seu tão sonhado jardim vertical.
 
Projeto Paisagístico executado pelo escritório Estúdio Paisagismo
  - Clínica Check Up Center Projeto Paisagístico executado pelo escritório Estúdio Paisagismo
 

Cuidados com o jardim

Se você se interessou em implementar um jardim suspenso, fique atento em alguns cuidados para não colocar tudo a perder. Confira: 
 

Fixação

Você precisa ter certeza de que a parede escolhida aguenta o peso do jardim. É ideal deixar um respiro de pelo menos 5 cm entre uma planta e outra no momento da montagem dos vasos, para que tenham espaço de desenvolvimento.  

Clima

Recomenda-se fazer um estudo preliminar do clima no local escolhido, se atentar a todas as variáveis, tais como, vento, frio, calor e a presença de aparelhos de ar condicionado. Essas variáveis são fundamentais para escolha das espécies.

Vegetação

Chegamos no ponto crucial do processo, a escolha das plantas. Nesse momento devemos nos atentar a quais espécies são recomendadas para cada ambiente, seja ele interno ou externo.  Atualmente, as espécies mais utilizadas são: Samambaias, Rendas Portuguesas, Peperômias, Aspargos, Lambaris Roxo, Liriopes, Columeias, Bromélias e Ripsális.

Irrigação

Esse é o ponto essencial do jardim. Sugiro que opte pelo sistema de irrigação automatizado, com isso todas as plantas são irrigadas por igual, evitando assim o excesso ou a falta d’água. Lembre-se de prever um ponto hidráulico próximo ao jardim vertical. 
 
Caso a irrigação seja feita de forma manual observe sempre se todos os vasos estão úmidos e tente irrigar de maneira uniforme. Em algumas ocasiões é indicado borrifar água nas folhas.

Se você gostou dessas dicas continue acompanhando o portal Lugar Certo e acesse mais conteúdos relacionados à jardinagem. 
 
 

 Nathália Cavalcante 

Nathália se formou em 2012 pela Faculdade Santo Agostinho e  é responsável pelo setor de Projetos do escritório Estúdio Paisagismo.
 
Nathalia Cavalcante
 
 


Outros Artigos

ver todas
17 de junho de 2022
03 de junho de 2022
19 de maio de 2022
06 de maio de 2022