Comentários
600
Brinquedos organizados

Casa com crianças: veja dicas que vão te ajudar a organizar os brinquedos

A casa está parecendo pequena demais para os brinquedos das crianças? Aprenda a organizá-los com a nossa colunista, especialista em organização, Marina Almeida

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 21/07/2022 13:07 / atualizado em 21/07/2022 13:23


Em uma casa com crianças os brinquedos acabam fazendo parte da decoração. / Foto: Freepik - Em uma casa com crianças os brinquedos acabam fazendo parte da decoração. / Foto: Freepik
 
Uma coisa é fato! Em uma casa com crianças os brinquedos acabam fazendo parte da decoração, não é? Mas, para mantê-la sempre em ordem é preciso um plano de ação para organizar os objetos e não ver as coisas saindo de controle e tomando conta da casa inteira. 

Neste período de férias é normal que as crianças fiquem mais à vontade em casa e brinquem mais, mas é claro que isso não é sustentável por muito tempo, principalmente na rotina normal de aulas. 

Para iniciar o processo de organização, a triagem e o descarte devem ser a primeira coisa a ser feita, não só para brinquedos, como para tudo que deseja organizar na sua casa. Lembre-se: o excesso é a origem da bagunça, e se tratando de brinquedos, eles têm uma capacidade absurda de se multiplicar. Por isso, sugiro que essa triagem seja feita no mínimo anualmente. 

Se a sua criança já tem maturidade suficiente é muito importante que ela participe dessa organização, para que ela mesma escolha com quais brinquedos deseja ficar e quais já não brinca mais e podem ser doados. 

Caso a criança ainda não tenha idade para praticar o desapego, está nas suas mãos fazer essa triagem e o descarte do que já está quebrado, faltando peças, etc.  Se bater uma dúvida, se a criança ainda brinca ou não com determinado brinquedo, guarde em uma caixa, e caso a criança queira, estará lá. 

Passados 6 meses e nenhum foi requerido, você pode doar sem peso na consciência. Se o seu espaço disponível for pequeno, você precisará ser mais firme nas suas decisões. O que vejo acontecer com frequência são crianças dizendo que não desejam mais os brinquedos e os pais apegados, com dó de doar pois aquilo traz lembranças afetuosas. Nesse caso, guarde os mais especiais, mas tenha foco no objetivo  

Veja a seguir algumas dicas que vão te ajudar a organizar os brinquedos das crianças.

Categorize

O princípio básico da organização é a categorização. Depois de feita a triagem é preciso categorizar os brinquedos. Em geral, sugiro que você categorize segundo o tipo de brinquedo, exemplo:
  • jogos
  • bonecas
  • pelúcias
  • carrinhos
  • super heróis
  • dinossauros

Dentro de cada categoria você pode criar ainda subcategorias, se isso fizer sentido para sua criança você também pode separar por cor. Mas, já fazendo as categorias dessa forma, você já vai conseguir facilitar bastante a sua vida. 

Com os brinquedos categorizados, você consegue dimensionar os volumes que eles ocupam, o que considero ser o ponto-chave da organização dos brinquedos.

Muitas organizações fracassam em pouco tempo por não seguirem e se atentar a essa etapa. No completo desespero, ‘’uma ida ao shopping e uma compra de 50 caixas e 35 baús para armazenar tudo vai resolver o problema” se iludem muitos pais. 

No entanto, a realidade mostra que não. Organizadores comprados sem estratégia, podem piorar o problema, além de te fazer gastar dinheiro à toa.  
 
O princípio básico da organização é a categorização. / Foto: Freepik - O princípio básico da organização é a categorização. / Foto: Freepik
 

Então, o que fazer?

Com os brinquedos categorizados da forma mais conveniente, você vai conseguir avaliar o volume que eles ocupam. Faria sentido colocar tudo em um grande baú, para na hora que a criança brincar ela ter de jogar tudo no chão para procurar uma única pecinha? 

Portanto, deixe os baús para brinquedos maiores, como pelúcias por exemplo. Separe os outros em caixas ou cestas menores, preferencialmente transparentes, para que a criança consiga visualizar e acessar esses brinquedos.

Leve em conta também onde esses cestos e caixas devem ficar, pensando no uso e alcance dessa criança, para ela ter autonomia na hora da brincadeira, sem depender que um adulto pegue as peças para ela. 

Hora de guardar

É improvável que crianças abaixo dos 3 anos consigam manter as coisas organizadas, mas, é interessante identificar esses cestos com palavras, principalmente se elas estiverem em fase de alfabetização, ou mesmo com figuras para as mais novinhas: elas criam associações e aprendem onde as coisas estão guardadas. 

Nenhuma criança sabe a importância de manter seus objetos organizados, muito menos como fazer isso. Portanto, não torne a hora de recolher como um momento de punição ou castigo. Tenha paciência, crie o hábito e use esse momento como parte de uma brincadeira, para deixá-lo mais agradável. Você pode criar um horário e uma rotina para o momento de guardar, como por exemplo: “às 18H é a hora de recolher os brinquedos para tomar banho e jantar”. 

Para finalizar, é importante pensar que poucas coisas são mais eficazes do que o exemplo: as crianças aprendem muito vendo as atitudes dos adultos. Seja uma pessoa organizada e cuidadosa com seus pertences se quer que seu filho também seja! O exemplo arrasta.

Na hora de guardar, e mesmo quando precisar procurar por algum brinquedo específico, se estiverem categorizados e identificados, será bem mais rápido para o adulto localizar.

Gostou deste conteúdo? Continue navegando pelo Lugar Certo e leia também Como organizar mala de viagem funcional e sem sofrimento.
 
 

Marina Almeida

Formada em Medicina Veterinária pela UFMG encontrou na organização de ambientes sua paixão profissional. Nascida em Belo Horizonte, iniciou como Personal Organizer em 2019 e já transformou mais de 250 lares através da organização. Especialista em minimalismo, acredita que a mudança que queremos ver no mundo começa em casa. Conheça seu trabalho no Instagram @marina_organiza

Outros Artigos

ver todas
04 de agosto de 2022
21 de julho de 2022
07 de julho de 2022
22 de junho de 2022
09 de junho de 2022